terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Trocada à nascença

Uma aranha-caranguejo-das-flores, de seu nome Misumena Vatia, que cresceu num jardim de flores amarelas à guarda de uma planta de acolhimento,  reencontrou finalmente a sua verdadeira dona, noticiou hoje o Diário de Bloguices.

Segundo fontes da instituição que a acolheu, quando a sua progenitora faleceu nas horas subsequentes à postura dos ovos, ocorreu uma tempestade que arrancou a teia onde estes se encontravam, tendo o casulo que os continha caído sobre um teia vizinha. A tempestade foi de uma violência fora do comum afastando os progenitores do local. Quando os ovos eclodiram e as pequenas aranhas finalmente procuraram refúgio correndo para as fendas dos blogs mais próximos, muitas pereceram. Misumena revelou ser uma pequena aranha de extrema sensibilidade. Sem a mãe para a orientar no caminho para o blog a que pertencia, acabou sendo recolhida por um jardim de flores amarelas.

Leitora assídua, Misumena não perdia uma edição do Diário de Bloguices e foi através dele que tomou conhecimento da história de Milu, uma aranha raptada a uma Flor por uma Pirata. Seguiu durante alguns dias a evolução da história e quando percebeu que Milu havia sucumbido totalmente à influência da tripulação do barco pirata em que era refém, juntando-se voluntariamente a ela e mostrando-se pronta para participar em combates do corso, Misumena percebeu que Milu nunca tinha pertencido verdadeiramente ao blog da Flor e resolveu procurar ajuda no Centro de Exames Genéticos de Teias de Aranhas Que Vivem em Blogs. Fez um teste de maternidade e tal como ela imaginava, deu positivo.

Segundo o Diário de Bloguices, estão agora em marcha as diligências para a reposição da verdade e o reencontro definitivo de Misumena com a sua Flor.


21 comentários:

Laura Ferreira disse...

vou segui-la

(ainda que não goste nada de aranhas...)

Janita disse...

...sofro de aracnofobia, pelo que nada disso me importa.
Depois, acabei de ler uma notícia, que me encheu de profunda tristeza.
A blogosfera vai ficar paupérrima...ainda tenho os olhos rasos de lágrimas...:(

Gaja Maria disse...

Também sofro de aracnofobia, nem sei o que faça para conseguir deslizar o ecran sem tocar nesta imagem :) talvez em amarelo não seja tão feia :))

Ana Freire disse...

Um post... que me causa calafrios... não suporto aranhas... apesar da imagem estar espectacular!
Beijinhos! Continuação de uma boa semana, e de uma boa recuperação!
Ana

Maria Eu disse...

Oh pra ela, toda lampeira e amarela! Vislumbra-se uma luta renhida pela aranha Milú! :))))

Célia Rangel disse...

Só em leitura mesmo... Na realidade, quero distância delas...
Abraço.

bea disse...

A falar verdade já vi qualquer coisa parecido com isso, mas afinal não era uma aranha. No entanto, foi o que me pareceu. É bem verdade que o amarelo tira um bocado a repelência ao animal. A história não entendi. Andou a ver a luz entre oceanos?! Fica mal em aracnídeos.

Cuca, a Pirata disse...

Ahaha
Vou raptar está também!!!
Fico com as duas. Adoro aranhas!!!

Manel Mau-Tempo disse...

simplesmente adorável este jornal de blogues :) agora sim estarei sempre a par dos acontecimentos, já que ninguém se dá ao trabalho de me mandar um pombo-correio ou um mensageiro com novidades :)

luisa disse...

Laura,
No que toca a aranhas, insetos , repteis e outro tipo de bicharada, tenho sentimentos contraditórios. Por um lado é repulsa, por outro fascínio. Gosto de os fotografar (quando consigo).

Janita,
Não sofro desse mal embora não possa dizer que goste especialmente de aranhas.
[Também li essa notícia, mas espero que a pausa seja curta].

GM,
Eu achei muito curiosa esta aranha, pela cor. Parece que é um bocado camaleónica e que adota a cor das flores em que se hospeda.

Ana Freire,
Gosto de fotografar bicharada.

Maria Eu (Tu) …
Os tempos são conturbados mas quem sabe a Flor e a Cuca não chegam a um acordo.

Célia Rangel,
Acho que esta é totalmente inofensiva.

Bea,
Achei muito engraçado encontrar uma aranha amarela. A história é uma brincadeira a propósito de outra história que envolve as bloggers Cuca a Pirata e a Flor. É só seguir os links.

Cuca,
Logo vi os riscos que corria com este post… Mas uma pirata não pode, por acaso, repartir o que rouba?

Manel MT
Ler jornais é saber mais…

flor disse...

luisaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!! minha rica luisa, que beleza de bichinho :)))

havemos de assaltar o cacilheiro "assa-sardinhas" da Pirata! está para breve!

Flor de Jasmim disse...

Hei-de ter numa pen uma foto de uma aranha cor de cenoura e outra amarela muito parecida com esta que encontrei no meu jardim quando vivia em Monte Real, há bichos que me repugnam, mas faço tudo para fotografar.

As tuas melhoras Luísa.
Eu já larguei a canadiana, já tenho ordem para fazer pequenas caminhadas até aos 10 minutos.

Beijinho Luísa

luisa disse...

Flor,
Com esta cor é uma aranha muito tchan… A Cuca até ficou cheia de inveja e já ameaçou raptá-la também. Temos que ficar vigilantes.

Adélia,
Eu também não resisto a fotografar os bichos.
[Ainda bem que estás melhor do pé. O meu caso parece um pouco mais difícil. É uma lesão grave e estou com bota imobilizadora]

Chic' Ana disse...

Bem, a imagem está espetacular! Nunca vi tal exemplar, mas tenho a certeza que ficaria horas a observar a mesma! =)
Beijinhos

luisa disse...

Chic'Ana,
Para mim também foi uma surpresa ver um exemplar assim. Toda amarela!

CCF disse...

Ãndam a brincar à escondidas com aranhas pelo meio?! Valha-nos o humor. Não consigo apanhá-las o suficiente (falta-me o folgo) mas quando espreito, acho muita graça.
~CC~

luisa disse...

CC,
O humor ajuda, quase sempre. :)

flor disse...

a Cuca precisa é de levar umas lambadas no gancho...

(minha rica luisa :) um abraço forte!)

luisa disse...

Ah Flor... A Cuca pode ter gancho de pirata mas a mim não me engana ela... Estou certa que também tem alma de poeta. :)

Rui disse...

Ainda cheguei a pensar que fosse uma foto com a cor alterada. Será que é a cor real ?... Nunca tinha visto !!!
O teu texto, interessantíssimo ! rsrsrs ... Tenho que encontrar esse "Diário das Bloguices" ! eheheh

Beijinhos, Luisa e sempre pensei que esse entorse tivesse sido menos grave ! :(
As melhoras !

luisa disse...

Rui,
É mesmo a cor real. A imagem tem já alguns anos. A pequena andava a passear sobre o capot do meu carro e a cor destacava-se.

[Nem eu imaginei que fosse estar tanto tempo parada. Acontece que sei, agora, que tenho também uma pequena fratura. Obrigada, Rui.]