quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Limões

Da minha janela vejo dois limoeiros. Estão carregados de limões. Penso naquela máxima de profundidade facebookiana que, estando a vida (neste caso é mais a vista) a dar-me limões eu deveria aproveitar para fazer limonada. Não sei quem é o infeliz autor do mandamento mas se o calor do verão estivesse por perto até me veria a prepará-la e a refrescar-me com a singela bebida. Embora não sinta aqui os rigores do inverno, seria talvez mais apropriado aproveitá-los - aos limões - em chá. Não fosse, claro, dar-se o caso, como se dá, de eu não apreciar chá de limão. Poderia ainda, adicionando outros ingredientes que não apenas água, preparar algo mais elaborado. Confesso-me, por exemplo, de fraca resistência perante uma tarte de limão. Mas, já se sabe, uma tarte de limão, sobretudo daquelas merengadas, traz associados gravíssimos problemas de consciência. E eu, sem condições de procurar rapidamente uma absolvição, não vejo alternativa senão conformar-me em ficar aqui, à janela, simplesmente a olhar para a bonita cor amarela dos limões.

20 comentários:

papoila disse...

Esta manhã no bar do ginásio ofereceram-me o sumo do dia: limão e morango! Experimentei mas tal como previa não achei nada agradável e não voltarei a beber, não gosto nada de chá de limão, tartes e sobremesas também nunca seriam as de limão as minhas preferidas mas de limonada com açucar gosto bastante desde que o limão não seja daqueles super ácidos.
Em conclusão onde eles estão bem é pendurados na árvore! :)))
bjs

Manu disse...

Já que não te apetece um chazinho de limão, espero um dia ver aqui uma fotos com eles.

Beijinhos Luisa

mz disse...

A frase remete-nos para a capacidade de sabermos dar a volta por cima perante uma amargura na vida... digo eu.

Luísa, na minha cozinha tem de haver limões, sempre. Uma infinidade de aplicações culinárias; na carne, no peixe, as casquinha nos doces tradicionais de colher e para além da tarte merengada, o lemon-curd no bolo anjo ui... a limonada de verão, o chá com mel no inverno...oh tanta coisa! E faz maravilhas às minhas mãos :)

Bjnhs

Catarina disse...

Suponho que a entorse te faça estar em casa e, sendo assim, aproveitas para prestares mais atenção aos pormenores que te rodeiam como será o caso dos dois limoeiros. Há males que vêm por bem... : ))
Se eu tivesse um limoeiro, faria o possível para não o tomar como garantido: faria limonadas todos os dias, espremia algumas gotas dentro da minha caneca de chá – uma bebida que bebo todos os dias – esfregaria as metades dos limões nos meus cotovelos para ficarem mais suaves (o creme aplicado todos os dias não tem o mesmo resultado); cortá-lo-ias às fatias para decorar alguns pratos... tanta coisa que eu poderia fazer com os limões!!!! A única “coisa” que tenho em abundância no verão é a hortelã e uso e abuso desta erva aromática!!! : ))

CCF disse...

Na árvore são bonitos mas também adoro a variedade de coisas que se pode fazer com eles, para a preferência pela tarte de limão merengada... e sem peso na consciência!
~CC~

Ana Freire disse...

Bem, pelo menos... certamente dará óptimas fotos... para ilustrar a frase... "Se a vida te der limões...(...)"
Beijinhos! Continuação de uma boa recuperação!
Ana

A.João disse...

Chá de limão com mel :)

Gaja Maria disse...

Eu, duçólica, ia na tarte merengada :)

Janita disse...

Havia uma canção que era «A Rosinha dos Limões».
Tu, já queres ser a Luizinha sem limões....Tão ricos que eles são em vitamina C que tanta falta nos faz no inverno...:)
Também tenho um limoeiro, carregadinho, mas eu uso, abuso e ofereço.

Beijinhos.

Pedro Coimbra disse...

E se eu lhe disser que bebo limonada praticamente todos os dias??
Bfds

Os olhares da Gracinha! disse...

Mas olha que ter limões e não fazer limonadas é como ir a Roma e não ver...
bjoca

bea disse...

Bom. Devo dizer que tenho um limoeiro por onde viajo e às vezes até o subo (já preciso de um banquinho para ajudar a subir e apanhar os limões mais altos). Uso limão em modo diverso, faço limonadas, remédios para dor de garganta, desinfecto tachos e panelas, retiro cheiros mais pegadiços, tempero saladas e carnes e sei lá que mais (não sabia essa da utilidade do limão a amaciar cotovelos, mas hei-de experimentar).
Mas os comentários deixaram-me com vontade de ir ver - no google, pois claro - como é que se faz tarte de limão merengada (não hoje que já tenho ali um bolinho de reineta e noz mesmo a preceito para um lanche). Reconheço a minha ignorância: nunca fiz uma tarte de limão; ainda que use casca de limão no arroz doce, nas compotas mais desenxabidas, na sericaia, em alguns bolos. E gosto de chá de limão com mel e sem ele. E etc. Resumindo: qualquer limoeiro me dá pano para mangas. Pensando bem gosto um imenso de limoeiros, laranjeiras e outras árvores de fruto.

Continuação de melhoras. Vai acordar uma manhã e o pé está melhor. E senti-lo, anima qb.

Briseis disse...

Venho dar um ar de cultura científica e também de comédia aos comentários:
parte cultural/científica - apesar de nos saber a ácido, o limão tem um efeito alcalino no nosso corpo, pelo que é benéfico

parte cómica - eu conheço uma variação do adágio que é "quando a vida te dá limões... espreme-os no olho de outro gajo e foge"

Teté disse...

E o que eu gostava de ter um quintal com um limoeiro? Ah, pois é, e tanto sairiam limonadas como chás de limão (quando estivesse doentinha, que também só assim é que o bebo). Já o amarelo, que não é cor que aprecie, fica muito bem ao limão... :)

Rui disse...

Aparte os limões assim, ou assado, o mais importante é que o teu pé esteja a ficar em forma, Luisa !
Espero bem que durante a minha “ausência” estejas já recuperada, ou quase ! :)

Beijo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E que tal compota de limão? Uma maravilha e fácil de fazer.
Bom Fds

bea disse...

E eu que tanto gosto de amarelo e de amarelo-limão ainda que me fique menos bem. Este ano ofereci um amarelo-limão que -imagino - quadra lindamente a quem o dei.

Também me parece que um dia destes faço compota de limão. Com sumo, casca bem fininha e açúcar. Não devo poder abusar no sumo.Nada como experimentar. Na de laranja resulta bem com o sumo e casca em tiras finas.

luisa disse...

Papoila, não gosto de chá de limão mas gosto de limões para quase todas as suas possibilidades de utilização.

Manu, sou capaz de ter por aí algumas fotos de limões, mas fica aqui combinado que, logo que possa ir ali à horta com a máquina fotográfica, vou tratar de os retratar especialmente para ti.

Mz, também gosto de usar limões na cozinha. Só não gosto mesmo é de chá de limão. Enfim… o não gostar é como quem diz que prefiro outros chás. :)

Catarina, também faço bom uso dos limões. O texto só reflete a ligeira amargura de estar temporariamente condicionada nos meus movimentos.

CCF, adoro tarte de limão e doces em geral. Por vezes abuso deles. :)

Ana Freire, estou ansiosa por poder calcorrear os campos com a máquina fotográfica, mas a coisa vai lenta. Obrigada!

A.João, prefiro outro chá. Já o deitar umas gotinhas de limão no chá (preto, por exemplo) agrada-me.

GM, Vamos lá então… :)

Janita, também faço bom uso dos limões. Chá é que nem por isso.
Pedro Coimbra, pois acho que faz muito bem.

Gracinha, a limonada, prefiro-a no verão.

Bea, há que aproveitar os limões, sem dúvida. É experimentar a tal tarte… uma delícia. Compota também nunca experimentei. Obrigada pelo conforto. :)

Briseis, verdade, dizem que beber um copo de água em jejum, com umas gotinhas de limão é ótimo. E quanto ao humor, também nos faz bem à saúde. Já um limão dirá para o outro: se a vida te der a alguém, foge porque a coisa vai acabar mal… :)

Teté, já eu gosto o amarelo e não só nos limões. :)

Rui, obrigada! Por enquanto ainda não posso dizer que esteja recuperada. Nunca pensei que isto fosse tão demorado.

Carlos, compota de limão, nunca experimentei… Mas é uma ideia.

Manel Mau-Tempo disse...

é caso para dizer: dá deus limões a quem nã tem sede deles!

sugestões: ostras ou salmão fumado, ambos bem regados :)

luisa disse...

Manel MT,
Um desatento, Ele... :)