quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Tempo


Solta o tempo
E deixa as palavras
Voltarem aqui 

12 comentários:

Laura Ferreira disse...

as palavras voltam sempre
onde são precisas e sentidas.

Célia Rangel disse...

Ah! Que felicidade é termos as palavras como fieis companheiras!
Abraço.

Flor de Jasmim disse...

Irão voltar sim e com muita inspiração!

Beijinho grande.

desabafosemrodape disse...

o tempo, às vezes, pode ser um entrave diabólico...
boa noite, Luísa.

Janita disse...

Palavras por aqui não têm faltado, e sempre gostosas de ler.
A foto será o que me parece, Luísa? Uma ampulheta reflectida sobre um tampo de vidro? Não precisas responder, isto sou eu a interrogar-me alto! :)
Beijos.

Gaja Maria disse...

O tempo é exímio em pregar partidas às palavras, mas olha, não há tempo que as roube por muito tempo :)

Portugalredecouvertes disse...


há um tempo que nos medimos Luísa, e há outro talvez mais distorcido como esse reflexo que é o tempo que nem sempre tem a mesma duração ou a mesma perceção conforme a situação onde nos encontramos ou os nossos sentimentos, será assim ?!

Tétisq disse...

está solto. que fluam as palavras.

Pedro Coimbra disse...

Quanto tempo tem o tempo??
Bfds

Manu disse...

Gosto deste tempo que cai gota a gota, bem devagarinho.

Beijinhos Luísa

Os olhares da Gracinha! disse...

Elas voltarão...sempre! Bj

Ana Freire disse...

Espectacular!!!! É só o que me ocorre dizer!...
Beijinhos
Ana