quinta-feira, 2 de março de 2017

Garça

Quando, há pouco, quis gastar um bocadinho da tarde e saí para o sol, entretive-me a olhar para o lado azul do céu. Não havia sequer uma nuvem, daquelas que costumam deslizar ao sabor do vento e fingir-se de algodão. Gosto de as ver mudar de forma, imaginar-lhes vontade, descobrir-lhes mistérios, tê-las como figuras de histórias de encantar. Hoje não. Nem um ser fantástico para criar, nem uma lenda para lembrar, nem um conto para inventar. Então, fiquei ali, parada, entorpecida, contemplando a extensa uniformidade da tela celeste. Até que fui surpreendida pelo voo repentino e fugaz de uma pequena garça que atravessou o ar de sul para norte. A ave desapareceu e logo voltou a lisura do céu. Não sei se lhe invente uma rota e prossiga uma história ou se me contente com a mera lembrança da contemplação.


11 comentários:

  1. Espectacular... o texto... e a imagem!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
  2. Um verdadeiro belo entretenimento esse, o de olhar as nuvens e vê-las mudar de forma ao sabor do vento ! ... E tanto mais curioso, porque cada um de nós poderá ver e imaginar coisas diferentes ! ... Mais bela ainda a maneira como tu a descreves !
    Sem elas, o vazio no céu azul, vazio quebrado apenas por esvoaçar fortuito de uma ave !

    Linda a maneira como o expressas e bela também a tua foto !

    Dava realmente para início de uma boa estória ! rsrs... Bom ! ... mas isso já será outra estória que dependerá de ti.
    A tua escrita é bela e cativante, quem sabe o que resultaria de uma estória tua ?! :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Há sempre uma história no voo duma ave. Esperamos.

    ResponderEliminar
  4. Foi tudo dito!
    Texto e foto em harmonia.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Luísa, nem se pergunta!

    Venha uma história, e que imaginação voe para norte como a garça :)

    ResponderEliminar
  6. Vá conta-nos onde ela foi e o que viu :)

    ResponderEliminar
  7. Chapelada para o texto e para a imagem!
    Bfds

    ResponderEliminar
  8. Um bonito post, que nos leva a puxar pela imaginação =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. que maravilha de imagem, Luísa.
    e as tuas palavras ficam-lhe tão bem!

    ResponderEliminar
  10. Porém, foste célere no clique...
    Ficou muito bela.
    Bj ~~~~~~~~~~
    ~~~~~~

    ResponderEliminar