quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Cata-ventos

Foi uma das novas rotundas, entre as muitas desenhadas este ano na estrada principal, que desvendou a pequena horta de citrinos. Está do lado direito da estrada e quando ali passo pela manhã, enquanto rodo o volante para a esquerda, perfazendo o necessário semi-círculo junto ao redondel, olho invariavelmente para lá. Até nem foram as laranjeiras, viçosas, por sinal, que me espicaçaram a vista. E nem tão pouco foram uns quantos girassóis em que hoje reparei. Não. O que todos os dias me encanta são os cata-ventos. Estão acoplados à cerca que separa a horta da estrada e são tantos que a sua conta é impossível de fazer no tempo breve da minha passagem. São cata-ventos muito rudimentares, feitos de cana, mas cada um enfeitado com uma forma geométrica de cor diferente. A horta parece-me assim um jardim misterioso, ladeado de engenhos capazes de atrair ventos e outras energias, que o dono, um jardineiro sonhador, aproveita para adubar as árvores e a imaginação das criaturas que, a caminho do trabalho, precisam, em cada dia, de uma pequena dose de evasão.

8 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Esses pequenos detalhes que por vezes nos passam despercebidos e que podem revelar-se afinal tão belos.

Manel Mau-Tempo disse...

doses de evasão, é mesmo isso que precisamos :)
muito bom, ou muito boa, esta evasão que me proporcionaste

Mariana Penna disse...

A natureza é mesmo interessante!
Bjus Lu!

Laura Ferreira disse...

já é a segunda pessoa que encontro, hoje, a falar de plantas/árvores :)
eu também falei, lá no meu sítio.

Os olhares da Gracinha! disse...

Também gosto de para eles olhar e "catar" a direção do vento!

Janita disse...

São as chamadas 'passarolas', como se diz no Alentejo. Já tive algumas no meu jardim e era um gosto vê-las rodopiar ao sabor do vento, mas acabaram por virar brinquedos nas mãos do meu neto e ficaram feitas em fanicos.

São esses pequenos pormenores que dão cor à tua ida e vinda do trabalho...:)

Beijos animados, Luísa!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Há detalhes que nos surpreendem e fazem a diferença

bea disse...

Ou talvez ele só deseje afastar a passarada que lhe estraga as semeaduras e os frutos e...