quinta-feira, 30 de junho de 2011

Raposa

Deu-me para reler o “Constantino guardador de vacas e de sonhos” de Alves Redol. Estou a lê-lo na minha velhinha edição de bolso da Europa-América, de 1975. Tem o papel das páginas amarelado e áspero e tem o encanto bucólico de uma história simples do povo e do campo. Já me tinha esquecido da maior parte daquilo que tinha lido nestas páginas. Na leitura, surpreendem-me muitas palavras e expressões em desuso. Um dos capítulos intitula-se “Não ir à caça e apanhar uma raposa…” e conta a história do chumbo que o Constantino levou no exame da quarta classe.


Há tanto tempo que eu não ouvia esta palavra para significar a reprovação num exame. Trazer uma raposa para casa. Apanhar uma raposa. Acho delicioso.


Vi no dicionário Houaiss que também existe o verbo raposar ou raposear, que significa reprovar alguém num exame. Isto desconhecia mesmo.


Se alguém souber qual a origem desta expressão, faça o carinho de me explicar…


4 comentários:

Teté disse...

Não conheço a origem da expressão, mas também pode acontecer que ela tenha sido popularizada pelo próprio livro de Redol, que nunca li! Uma falha, evidentemente... :)

Mas nos tempos que correm generalizou-se a ideia que os "meninos" podiam ficar traumatizados com as palavras "chumbo" ou "raposa", de modo que agora ficam "retidos"... Patetices, porque vem tudo a dar no mesmo! ;)

Beijocas!

Manuela disse...

Querida Luisa, não sei a origem da expressão, mas lembra-me de ser muito utilizada nos meus tempos de estudante, quando alguém reprovava- levava uma raposa ;)

El Matador disse...

Nunca li este livro, é uma vergonha, eu sei.

Anónimo disse...

Ouvi esta exoressão de um portugês dono de armazém em Santos/SP há muito tempo . Ele falara a meu pai que o filho dele "iria trazer a raposa para casa ", porque não ia bem na escola primária. Meditando, acredito que significa, levando pau na escola, daria prejuízo a seu pai lusitano - 1 ano perdido de estudos ! Ninguém iria levar uma raposa para casa, porque com certeza almoçaria todas as galinhas no quintal ( PREJUÍZO MATERIAL ) GILLES LAPIN