quarta-feira, 29 de junho de 2011

Oca

Tenho a cabeça oca. Não sei se é do cansaço ou simplesmente do calor. Acho que é do calor. Fez evaporarem-se todas as ideias que por aqui andavam acomodadas. No vazio do pensamento… vá lá perceber-se porquê… ecoa-me uma cantilena, do tipo trava-línguas, que a minha mãe costumava dizer quando começava a desfiar o rol de lenga-lengas em que era perita.



Copo copo


Giricopo


Copo Copo


Gargalhope


Quem não disser nove vezes


Copo Copo


Giricopo


Copo Copo


Gargalhope


Deste vinho


Não bebe um copo.



Agora… vá… digam isso depressa…

3 comentários:

Briseis disse...

Deve ser do calor... A mim, deixa-me irritavel... :-)
Mas foi muita giro teres partilhado esse trava linguas connosco... apesar da te sentires oca das ideias...

Teté disse...

Não conhecia este destrava-línguas... :)))

Manuela disse...

Querida Luisa, e eu lá consigo decorar isso tudo, quanto mais dizer?! Já tenho sorte quando me lembro de que dia da semana, é hoje ;)