quinta-feira, 9 de junho de 2011

Ideologia política

Ainda gostava de saber qual seria o resultado de semelhante estudo aplicado à Cinderela, à Branca de Neve, ao Lucky Luke, ao Tintin... e a tantos outros.

Há cada uma!

5 comentários:

Isa GT disse...

Acho o estudo uma parvoeira mas se queres que te diga... nesta altura, preferia ir viver com os estrunfes comunistas do que aqui em Portugal lol


Bjos

SofiAlgarvia disse...

Esta história faz-me lembrar a polémica que também houve à volta dos Teletubies - porque havia um roxo que usava uma mala de mão - só podia ser um incentivo aos gays, dizia-se na altura... Porque não deixam os miúdos estar entretidos com os desenhos animados que mais gostam, só porque são divertidos, sem mensagens disfarçadas?!
Eu gosto dos estrumpfes porque são giros ;)

El Matador disse...

O Lucky Luke é fácil de ver, anda sempre "agarrado ao cavalo".

Teté disse...

Que idiotice! Não se pode negar que os autores de BD por vezes revelam algumas dos seus pontos de vista nas suas histórias, o "Tintin" chegou a deixar de ser publicado após a libertação da Bélgica no fim da II Guerra Mundial, porque segundo alguns veiculava ideais fascitas, racistas (e machistas, acrescento eu), tanto que continuou a ser publicado durante a ocupação nazi.

Mas então? Deitava-se para o lixo a sua obra, por causa disso? Ele era um homem daquela época que provavelmente acreditava no fascismo, como tantos outros. E embora as histórias denotem realmente essas facetas, estão bem construídas e continuam a ser publicadas até hoje, para gáudio de todos. Não se pode esperar que um homem do início do século passado tivesse uma mentalidade tão aberta como os de hoje. Alguns, evidentemente, que esse autor do estudo também me parece um bocado retrógrado! :)))

Beijocas!

Gi disse...

Seria interessante, tal como pode ser interessante A Psicanálise dos Contos de Fadas de Bruno Bettelheim, que no entanto ainda não li.