sábado, 18 de fevereiro de 2017

Luz


Quando, em dias como hoje, não há luz que me valha, fico muito sossegada esperando que aciones o interruptor.

17 comentários:

Manuel Veiga disse...

um sorriso, vale?

Manu disse...

Eu vou aí acender a luz, mas olha que gostei desta penumbra.

Beijinhos Luisa

Flor de Jasmim disse...

Deixo um beijinho com muito carinho!

Majo Dutra disse...

Uma bonita legenda, Luisa.
Beijo.
~~

Janita disse...

Esses dias são medonhos, realmente!
Nessa região a escuridão nunca dura muito.
Daqui a nada, São Pedro manda abrir as portas do Sol...

Um beijo, Luísa.

Portugalredecouvertes disse...


mas olha que hoje fui ao mercado e havia bastante luz Luisa!
muita gente nas ruas e a festa do chocolate que acendia luz nos olhos e criava festas nas papilas gustativas de quem por lá andava !

✿ chica disse...

Muito bem pensado e bolado!Adorei! bjs, chica

Elvira Carvalho disse...

Gosto da foto. E vou já ali carregar no interruptor! Rsrsrs
Um abraço e bom fim de semana

Ricardo Santos disse...

Eventualmente trabalho de software ou algum filtro. Gosto do efeito e a frase coaduna-se !

bea disse...

O candeeiro está lindo, um recorte preciso contra a névoa.

Briseis disse...

É natural sermos atraídas para a Luz...mas é sabedoria conseguir ver a beleza no recolhimento que nos dá a escuridão, quando temos mesmo que a atravessar.

Laura Ferreira disse...

parece um desenho, Luísa.
que bonito!

Catarina disse...

Não gosto de dias cinzentos!! Venha a luz!

AC disse...

:))
Boa!

Gaja Maria disse...

Hoje acendeu-se a luz. E que luz :)

Os olhares da Gracinha! disse...

E ... por vezes ... até o interruptor se espera que não funcione!!!bj

Ana Freire disse...

Como sempre... espectacular a foto... e a legenda... perfeita!
Beijinhos
Ana