sábado, 29 de agosto de 2015

Pedras

De repente, como uma obsessão, as pedras do areal tomam-se de amores e eu só consigo ver corações. Vou passá-las daqui para o blogue do lado. No fundo, é uma série fora de série…


21 comentários:

  1. Há gente que encontra beleza onde a quer encontrar...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Magnificas!

    Bom fim de semana Luisa.

    Um beijinho
    Adélia

    ResponderEliminar
  3. Curiosa a forma de corações, Luisa ! :))
    Uma espécie de pinta-amores "escrito" pela natureza ! :))

    ResponderEliminar
  4. que maravilha de fotografias, luisa.
    parecem pequenos corações abandonados.

    ResponderEliminar
  5. Sempre à procura de coisas bonitas, não é, Luísa? ;)

    ResponderEliminar
  6. Que lindas e que ideia tão gira!
    Luisa tens alma de artista.
    Bom Domingo.
    bjs

    ResponderEliminar
  7. ~~~
    ~ Até as pedras podem ser amorosas...
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ~ Dias divertidos e felizes...
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  8. Vi poesia nas tuas belíssimas pedras/corações.


    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Quanto tempo teria levado, a Natureza, a moldar esses corações?...

    ResponderEliminar
  10. Só posso dizer Magnífico !!!... pelo teu Bom Gosto !

    ResponderEliminar
  11. Não há coração de pedra que não se derreta mais dia menos dia com esta obsessão.Que lindo!

    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Quantas marés, quantas voltas e reviravoltas a pedra não sofreu para se apresentar lisa e bonita como as que fotografaste? Guardaste-as todas? Creio que sim. Eu também guardaria.

    ResponderEliminar
  13. Eu que até tenho aqui em casa uns frascos com pedras que recolhi há anos na praia, não guardei estes corações, contrariamente ao que se poderia pensar e tal como refere a Benó.
    Na verdade, só me preocupei em fotografá-los e nem lhes toquei. Ficaram tal qual estavam e continuarão a ser rolados pela maré. :)

    ResponderEliminar
  14. Own!!! Quando criança haviam pedras no jardim da casa dos meus pais e eu sempre buscava encontrar formas nelas. Lindas! Abraços!

    ResponderEliminar
  15. Fabuloso, Luisa.
    Eu também tenho vários corações apanhados na praia.
    Depois de secos dei-lhes uma camada de verniz. Estão lindos, num cantinho do meu quarto.
    Bjs.


    ResponderEliminar
  16. OI LUISA!
    MUITO LINDAS, AINDA MAIS QUANDO AS OLHAMOS COM OS OLHOS DA ALMA.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. E conseguiste que eu visse corações em quase todas... :D

    ResponderEliminar
  18. "Quando eu morrer voltarei para buscar
    Os instantes que não vivi junto do mar"
    Sophia

    Sempre surpreendente, o que regressa do mar.

    ResponderEliminar