terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

No consultório

Onze e meia da manhã, na sala de espera do consultório médico, a televisão está ligada, suponho que para entreter os pacientes enquanto aguardam a sua vez de ser atendidos.

As consultas são previamente marcadas e o horário parece cumprir-se com razoável pontualidade, já que, para além de mim, apenas um senhor de idade se encontra sentado numa cadeira junto à janela.

O televisor sintoniza a tvi e o Goucha à conversa com Cinhas e Caneças. O alarido é tremendo. Falam todos ao mesmo tempo. Riem muito. Falam do Cristiano Ronaldo, da Irina e de um qualquer estudo relacionado com discussões conjugais, por sua vez relacionado com uma marca de papel higiénico. A apresentadora que acompanha o Goucha - parece que se chama Cristina – tem uma voz estridente e quase grita para sobrepor a sua fala às falas da conversa que corre. Começo a ficar agitada. Sinto-me como se estivesse ao lado de um galinheiro em polvorosa. O som do aparelho até nem está muito alto, mas o “debate” deixa qualquer um em frangalhos.

Para rematar, quando chega o momento de um concurso em que entra em cena uma roda da sorte, toda a assistência do programa, composta exclusivamente por senhoras com cara de dona de casa, se põe a rodar as mãos e os antebraços numa coreografia de um só movimento contínuo. Olho para aquelas senhoras, feitas tontinhas de serviço, e suspiro de alívio quando sou chamada a entrar no gabinete médico.


E isto era uma consulta de oftalmologia… olha se eu fosse tratar dos nervos!

6 comentários:

SofiAlgarvia disse...

:)
Já me ri muito com a tua descrição.

Ainda bem que na sala de espera onde estive hoje, como distracção para os pacientes têm um grande e bonito aquário com peixes de água salgada! Primos do Nemo e da Dori :)

Catarina disse...

Ficavas com os nervos em fanicos! : )

Isa GT disse...

O consultório não estará a preparar-se... para ampliar o negócio e abrir consultas de psiquiatria?
Suponho que a Tv sintonizada nesse género de programas... é um belíssimo 1º passo lol

Bjos

Margarida disse...

E é esse o entretenimento televisivo das manhãs de quem está em casa.. Em qualquer um dos canais a programação da manhã é sempre um must! Estou em casa hoje e apercebi-me exactamente disso. Será "cóltura"?! beijinho

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Luisamiga

Mais um belo texto, com qualidade, capacidade de observação e ironia q.b. Gosto mesmo da tua maneira de escrever. Parabéns! E apesar da consulta ser de oftalmologia, o médico não te deve ter mandado mudar de lentes: viste a cena inteirinha e bem. Porca da vida...

Qjs

E 'tobrigadinho pela tua visita. Comentário? PASSATEMPO/CONCURSO?... Até já

João Ventura disse...

A TV é uma fonte permanente de doenças... Deve ser tomada em doses muuuuito pequeninas... :)