quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

ffffffffffff

Na secção estatística do blogue, gosto de ver que pesquisas trouxeram gente até esta esquina. Normalmente é fácil perceber a que post foram parar. Normalmente.

Hoje, consultando a dita secção encontro a expressão ffffffffffff e por muitas voltas que dê à cabeça não estou mesmo a ver nem o que era procurado, nem o que encontraram. Fui eu própria ao Google colocar lá o fffffffffffff, fartei-me de correr páginas mas não encontrei nada meu.  Quem aqui chegou montado no ffffffffffffffff teve, por certo, mais paciência do que eu para consultar os resultados.

Agora faço um post todo ele ffffffffffffffff,  coisa para facilitar pesquisa.

14 comentários:

Janita disse...

fffffffffffffffffffOSGA-SE!! Que coisa mais esquisita. É por essas e outras que eu não quero saber como chegam ao meu. Logo que cheguem...:)

papoila disse...

Não se sabia que isso se podia saber :((
Espero que descubras pois pelo menos matas a curiosidae.
bjs

Gaja Maria disse...

eheheh fffffonix! só gente maluca :))

bea disse...

Bom, eu sou penetra nesta coisa de blogues e nem sei se há - pelo visto há - uma secção estatística.
Pode não ser nada de especial.

Pedro Coimbra disse...

Quem diz fffffffffff é o gato gago :))))
Bfds

Vieira Calado disse...

Boa noite! E como o Natal se aproxima, aqui vai o primeiro dos 4 que penso postar https://vieiracalado-poesia.blogspot.pt/2016/12/poema-de-natal-1.html
Saudações poéticas!

Portugalredecouvertes disse...


olá Luisa,
antes ouvia-se falar de 3 f's, associados ao país
mas assim tantos, dá que pensar ?!

abraços
Angela

Ana Freire disse...

Certamente alguém que achou o blogue ffffffffformidável!...
E foi motivo para um post engraçado...
Tenho que passar a prestar mais atenção às minhas estatísticas...
Bjs! Bom fim de semana!
Ana

Os olhares da Gracinha! disse...

Fffffffelizmente que esse fffffffffffffff
pode ser interpretado de várias maneiras!
bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbjoca

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

ffffffffffffffffffffantástica esquina, foi a pesquisa

Rui Espírito Santo disse...

O Google é surpreendente !
É impressionante o nº de questões associadas a esses fffffff , que em texto quer em imagens ! ... Quem diria ?... e vá-se lá saber porquê ?! eheheh

:))

redonda disse...

Que pesquisa tão esquisita, este ffffffff fez-me rir :)

redonda disse...

Resolvi ir "googlar" os "ffffff" não cheguei aqui mas encontrei uma anedota:
O homem dos FFFFFFFFFFFF...

Um homem chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz:

- Faz favor: frango frito, favas, farinheira...
- Acompanhado com quê?
- Feijão.
- Deseja beber alguma coisa?
- Fanta fresca.
- Um pãozinho antes da refeição?
- Fatias fininhas.

O empregado anota o pedido, já meio intrigado: "o tipo fala tudo com F"s!" Depois do homem terminar a refeição, o empregado pergunta-lhe:
- Vai querer sobremesa?
- Fruta.
- Tem alguma preferência?
- Figos.

Depois da sobremesa, o empregado:
- Deseja um café?
- Forte. Fervendo.

Quando o cliente termina o café:
- Então, como estava o cafezinho?
- Frio, fraco. Faltou filtrar formiguinha flutuando.

Aí, o empregado pensa: "Vamos ver até aonde é que ele vai".
- Como é que o senhor se chama?
- Fernando Fagundes Faria Filho.
- De onde vem?
- Faro.
- Trabalha?
- Fui ferreiro.
- Deixou o emprego?
- Fui forçado.
- Porquê?
- Faltou ferro.
- E o que é que fazia?
- Ferrolhos, ferraduras, facas... ferragens.
- Tem algum clube favorito?
- Fui Famalicense.
- E deixou de ser porquê?
- Futebol feio farta.
- Qual é o seu clube, agora?
- Farense.
- O senhor é casado?
- Fui.
- Então, o que é que aconteceu à sua ex-esposa?
- Faleceu.
- De quê?
- Foram furúnculos, frieiras... ficou fraquinha... finou-se.

O empregado de mesa perdeu a calma:

- Olhe! Se você disser mais 10 palavras começadas com a letra F... não paga a conta. Pronto!
- Formidável, fantástico! Foi fácil ficar freguês falando frases fixes.

O homem levantou-se e dirigiu-se para a saída, enquanto o empregado analisava, mentalmente, a frase e, então, verificou que ele tinha dito somente 9 palavras:

- Espere aí! Ainda falta uma!
Daí, o homem responde, sem se virar:

- Faltava.

Teté disse...

Olha que simpático, ajudares essa maltosa nas pesquisas...

Já me fartei de rir com a anedota da Redonda dos ffffff...

Beijocas para ambas