sábado, 3 de dezembro de 2016

Mau tempo


A persiana está frouxa e estremece com a força do vento que não dá tréguas à tarde de sábado. A medir forças com ele está a chuva que escorre dos telhados, lambe com fúria as paredes, cobre de névoa as vidraças. Refugio-me num velho roupão de malha, aqueço água para o chá, procuro o frasco do mel, corto ao meio o limão. Arranha-me a garganta. Hum.Hum.Hum.Não tenho bolachas mas se quiseres fazer-me companhia, há tostas, requeijão e doce de abóbora.

20 comentários:

AFRODITE disse...


Aqui a chuva nem se atreve a desafiar a fúria do vento!
Convidas-me para lanchar contigo?

Beijinhos de mãos frias... mas coração quente
(^^)

papoila disse...

Um Sábado encharcado!
Estou agora a usufruir de uma pequena aberta nem acredito!
Hoje só de chá, Bolo Rei e Sonhos....
Bom fim de semana
bjs

deep disse...

Parece-me um bom programa para uma tarde de sábado chuvosa. Por cá, há chá, bolachas (que vou evitar) e papéis... muitos papéis!

Bom fim de semana, Luísa. Bj

Flor de Jasmim disse...

Já não tenho a garganta arranhar! Mas tenho e posso levar bolachas de água e sal, ah também tenho Maria Torrada (os netos gostam) posso reforçar as tostas, o requeijão e o doce de abóbora que fiz esta semana.

As melhoras e um beijinho Luísa.

Ricardo Santos disse...

Aqui por Lisboa está um desespero sem o astro-rei !
Com essas iguarias faço-te companhia sim ! :)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não fosse ter receio de me meter à estrada com tamanha intempérie e, daqui a nada, estava aí a reclamar um chazinho quente.

Isabel Mouzinho disse...

Muito bonito. Fotografia e texto em perfeita consonância. :)

Elvira Carvalho disse...

Por aqui choveu todo o dia. Ventou muito de manhã. Depois o vento acalmou.
Obrigado pelo convite.
Um abraço e bom fim de semana

Janita disse...

Aqui, primeiro foi um vento forte e gelado. Há pouco veio a chuva gelada e calou-se o vento...Espera um pouco que vou vestir o meu roupão felpudo de trazer por casa.
Chego aí num pé e venho n'outro...
...se quiseres posso levar azevias recheadas com doce ( de batata-doce). Queres? :)

Manel Mau-Tempo disse...

se julgas que me compras com essas iguarias... é possível :) muito possível... vou tentar recolher as nuvens, o vento será mais complicado

Laura Ferreira disse...

xi... requeijão com doce de abóbora, para mim, é sinónimo de sim :)

Rui Espírito Santo disse...

DE manhã, tempo muito bom por aqui (pode-se dizer) !
Agora estou no meu quentinho e bem "refeitinho" ! :)) ... hummm ! ... Que bom ! ...
Àquela hora , 16:17, ia que era uma maravilha Luisa ! rsrs... Eu sei que repartirias com muito gosto e muito boa vontade ! eheh ... Obrigado !

:))

Mar Arável disse...

Que chova na boca dos amantes

bea disse...

O pior de dias como o de hoje é a escuridão de dia inteiro. O melhor é não termos que por o pé na rua. Ficam os afazeres congelados.
Que o lanche tenha estado a contento. Não sou grande bolacheira nem aprecio requeijão. Mas acompanho num chá sim senhora. Vamos a isso.

Graça Sampaio disse...

Hummmm.... que chuva deliciosa...

Gaja Maria disse...

Delicioso, apesar da chuva e do vento. Beijinho Luisa

ana disse...

Eu quero!

Briseis disse...

Aqui para o Alto Douro a chuva foi macia. Mas o frio fez apetecer o chá quente nas mesma. Com um dia de atraso vem o meu comentário mas ontem também eu tomei chá, de cidreira porque era o que estava mais à mão! As melhoras para a garganta!

Ana Freire disse...

Hum chuvinha gostosa... que melhor se aprecia... com um lanchinho assim bem gostoso!...
Eu também quero!... :-D
Beijinhos!
Ana

Teté disse...

Já cheguei tarde para o chazinho, mas fica para outro dia, que hoje está uma linda tarde lá fora... :)