sexta-feira, 29 de maio de 2015

Post aberto a ti, blogger

Gosto de te visitar. Entro pela janela, como é costume por aqui. Entro sem bater. Por vezes apenas espreito para ver o que tens por aí exposto, à vista de quem passa. Outras vezes demoro-me e vou circulando pelas salas, observando e absorvendo o que há para ver, para ouvir e para ler. Por vezes, passo apenas silenciosa, sem deixar sinal de mim. Posso até deixar a minha impressão digital. Provavelmente dás por ela, aí no contador. Outras vezes resolvo mesmo deixar um bilhete. Tem dias. Espero que não te importes desta minha inconstância. Sou assim. Não me recrimines se nem sempre dialogo contigo ou com os teus outros visitantes. Não penses mal de mim. Não é falta de educação. Por vezes é só timidez. Ou cansaço. Um cansaço que me dá de mim mesma, um vazio que me assalta e me emudece.

16 comentários:

✿ chica disse...

Que lindas tuas palavras,Luisa! Há dias assim mesmo em que o cansaço fala mais alto! Lindo fim de semana! bjs, chica

papoila disse...

É isso mesmo Luisa, ás vezes em silêncio outras deixando marca, acho que todos nos revemos no teu texto.
Bjs

Graça Sampaio disse...

Gosto de ti mesmo assim.... Sou parecidinha contigo.

Aparece quando puderes e te apetecer.

Beijinhos

Benó disse...

Como eu te compreendo, Luisa e o blogger também. Não te recrimines. Sê tu própria em todos os momentos. Tem um bom fim de semana.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Como eu a compreendo, Luísa. Espero que os meus leitores também me compreendam.
Bom FDS

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, silenciosamente e discretamente é livre no seu pensamento, texto excelente repleto de sentimento, as algarvias são assim.
AG

Mona Lisa disse...

Acontece-me o mesmo.

Ainda ontem vim aqui antes de me deitar e dei uma volta silenciosa pelos blogues.

Todas temos dias assim!

Beijinhos.

G. disse...

Partilho do seu pensamento, querida luisa.

Um beijo

heretico disse...

a confissão é atenuante...rss
por mim estás perdoada.

beijo

Teté disse...

Quer dizer,o difícil é não ter dias, que podem dar para ler, comentar, espiolhar,consoante a veia do momento... :)

Beijocas

Flor de Jasmim disse...

Caramba até parece que falas de mim :))
Acho que somos muito parecidas!

Beijinho Luisa e um bom domingo

© Piedade Araújo Sol disse...

excelente, também me sinto assim algumas vezes (muitas vezes).
beijnho
:)

Arco-Iris e Meu Velho Baú disse...

Lindo texto em que define a realidade de muitos blogueres

Cláudia da Silva Tomazi disse...

Ó palavras
espere-as
repare-as
então, as sinta.

Susana Rodrigues disse...

Que post tão bom, querida luísa.
E que bom saber como fazes. Talvez todos devêssemos contar como damos as voltas que não se vêem.
Um beijo e bom fim de semana.

(eu, quando preciso de lavar os olhos, venho aqui. são soberbas as tuas fotos, demoro-me nelas, acontece-me isso sempre)

Rui Pascoal disse...

Dá cá mais cinco!
:)