sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Cegonhas


Estou habituada a vê-las pousadas nas alturas de um telhado, de uma chaminé industrial, de um poste de eletricidade, dos holofotes de um estádio, de um tronco de palmeira que morreu vítima da praga do escaravelho. 

Estou habituada a vê-las nos campanários de Faro. Estou habituada a vê-las passeando junto à Ria Formosa, num campo agrícola e até num campo de golfe. Também estou habituada a vê-las voar, elegantes, esticadas, planando de um a outro poiso.
 
Vi-as agora pela primeira vez em bando. Numerosas. Agitadas. No alto. Tão alto que a máquina teve dificuldade em alcançá-las. Passaram sobre a minha casa, vindas de norte. Viraram para leste e ainda se mantiveram por breves minutos rodopiando no meu campo de visão. Finalmente seguiram a sua rota. Deduzi que estão em migração.

11 comentários:

Rui Pascoal disse...

Antigamente elas traziam os bébés... e eu acreditava.
:)

Catarina disse...

Eu tb acreditei na estória do bebé e da cegonha! : )

papoila disse...

Devem ter vindo fazer uma entrega de bebés :)))
xx

Teté disse...

Para migração, parecem um bocado desordenadas. Mas são lindas. Onde as vejo muito, é na autoestrada Lisboa / Algarve, com os ninhos em cima de postes de alta tensão... ;)

Beijocas!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Nunca tinha visto tantas juntas em voo!
Não me digam que agora até as cegonhas emigram! Começo a perceber as razões da baixa natalidade lusa.
Bom FDS

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Luisamiga

Passo a vida a encontrar-te à esquina de outros blogues que nos são comuns.

Já há muito que tinha decidido vir cá, ou melhor deliberado depois de encontro entre o Henrique, o Antunes e o Ferreira.

Lá pelos Direitos ensinam a malta que decide um órgão unipessoal, ou seja um marmanjo; delibera um colectivo. Tem dias...

Cegonhas em bando, palavra que nunca vi até ter aqui chegado. E apesar do que dizes, a foto está bem boa. Gostei; gostei dos teus comentários, do teu blogue, de tudo. Real e sinceramente, gostei.

Assim sendo, até à próxima, permitindo-me lembrar que Amor com Amor se paga...

Qjs = queijinhos = beijinhos

Henrique

Tétisq disse...

engraçado! Coimbra tem cegonhas todo o ano!

luisa disse...

Por cá também há cegonhas residentes. Mas imagino que estas se dirigiam para outras paragens.

Pedro Coimbra disse...

Foto cinco estrelas!!

nobody listening disse...

gosto muito de cegonhas e à pouco tempo por aqui também as vi reunir-se assim, em bando e a voar em círculos também deduzi que estavam em migração ...

Ana disse...

Eu adoro cegonhas embora digam que é um a nimal muito porco, por aqui também há muitas!
beijinhos