quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Cara de sinal

Tenho andado com má cara. Isso eu sei. O cansaço acumulado nota-se e as pessoas têm-mo dito. Mas hoje fiquei deveras preocupada. Terei também cara de sinal de trânsito?

A caminho do trabalho em ruas de agosto pouco movimentadas, cruzo-me com um homem que passeia o seu cão. A pouco mais de dois metros de distância, o cão avista-me e para, encostando-se à parede, com olhar de receio. O dono aborrece-se com ele: “Anda!... Não te faz mal. Tem medo de tudo. Até de um sinal”.

A medo o cão lá segue o dono e eu continuo para o meu destino com a certeza de que estou mesmo a precisar de verdadeiras férias.

8 comentários:

Naná disse...

cara de sinal??!!! bolas...
para ter cara de sinal, ao menos que seja o de sentido obrigatório directo às férias ;)

Catarina disse...

: )

Acho melhor tirares alguns dias para ir a um spa, o que no Algarve, se pode traduzir em praia! Mas nesta altura, em agosto, vai ser difícil encontrares um espaço grande só para ti.

Rui Pascoal disse...

Intermitente?
:)

Teté disse...

:)))

Há pessoas assim, que não se sabem expressar convenientemente e depois dá nessas confusões...

Beijocas e tenta descansar!

Rosa dos Ventos disse...

Essa foi boa!
Desculpa eu achar graça ao teu desabafo!:-))
Eu também ainda não fui de férias mas não tenho encontrado cães medricas!

Abraço

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E que tipo de sinal será, Luísa? Devia ter-lhe feito a pergunta, porque há sinais bem giros e engraçados e podia ser um elogio!

Pedro Coimbra disse...

De certeza que não foi com a cara da luisa que o bicho se assustou.
Às tantas era um STPO e o dono é que não viu.
O cão só obedeceu ao sinal :))
BFDS!!

mmm´s disse...

Não devia estar a referir-se a si, certamente. Se, por absurdo, estivesse acho que quem precisava de férias era o sr., mas num hospital para fazer um rastreio visual!