terça-feira, 8 de novembro de 2011

Libélula




Cai a noite junto ao pântano e termina o voo veloz da libélula. É tempo de adormecer. Amanhã retoma a caça. Cuidem-se, mosquitos.

5 comentários:

Teté disse...

Também não simpatizo muito com insetos, de um modo geral, mas se comem mosquitos sempre se perdoam... :)))

Beijocas!

Catarina disse...

Ia dizer algo muito parecido ao que a Teté disse. Detesto mosquitos.
Abraço

Miriam disse...

OLá Luisa,

Passando para te deixar um grande abraço, adoro libélula ...são tão frágeis e delicadas...

Boa Noite!!!
1000 Beijokinhas

Naná disse...

Desde miúda que sempre tive um enorme fascínio por estes bicharocos!

Anónimo disse...

Também faço parte do clube que odeia mosquitos.
Por isso, libelinhas, obrigada.
Espero que o apetite nunca vos falte mas, verdade seja dita, o que gostava mesmo era que esse alimento passasse à categoria de pitéu muito, muito raro!
Rog