sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Dormente

Passeio, estática, pelo éter. Tenho as palavras presas a meio do braço direito que de instante a instante apoia a mão no dispositivo eletrónico e clica.
Clica. Clica. Clica. Clica.
Leio as frases que desfilam à minha frente. Esboço aqui e ali um sorriso. Franzo acolá o sobrolho.
Estou dormente.
Só o indicador direito continua o seu leve movimento e clica.
Clica. Clica. Clica. Clica.

6 comentários:

Teté disse...

Então e onde para essa sessão fotográfica?! :)

Beijocas e bom fim de semana!

Vieira Calado disse...

Olá!

Boas noites, pelos Algarves!

Olá, boa noite!

Venho desejar-lhe bom fim de semana.

Saudações poéticas

sandrafofinha disse...

A clicar te desejo um excelente fim-de-semana e te mando mil e um beijinhos fofinhos e carinhosos, fica bem amiguinha.

Briseis disse...

Que engraçado... ao ler, pensei em computador, mas já alguem falou em sessão com a máquina fotográfica... Ambíguo, o clique. =)Mas, a julgar pela dormência, estou tentada a pensar que é o computador. É que ele deixa-nos assim muitas vezes...

luisa disse...

Teté,
Pois é também costumo fazer clique com a máquina fotográfica, mas o clique que me deu a dormência foi mesmo o do rato do computador :)

Vieira Calado,
Grata pela sua passagem por aqui. E o fim de semana que agora finda foi bom sim senhor. Espero que o seu também. :)

sandrafofinha,
Obrigada pela visita. :)

Bríseis,
Já o disse acima, à Teté... foi mesmo anestesia provocada pelo computador. :)

Vítor Fernandes disse...

Dormente e poético.