quinta-feira, 14 de julho de 2011

Xerém



Não estou aqui para enganar ninguém e, como sabem, este blogue não é nada isento. Por isso aqui fica o apelo para a votação no xerém com conquilhas, o prato algarvio finalista na iniciativa 7 Maravilhas da Gastronomia.

Se nunca provaram, tratem de o fazer. É muito bom. Se não tiverem à mão... ou será ao pé...? um restaurante que o sirva, aqui fica uma receita facultada por outra algarvia marafada.

8 comentários:

Teté disse...

Vou ver se provo este ano. Mas essas papas de milho põem-me um bocado as costas para dentro, que não sou muito de papas. Só nestum com mel e assim muito de vez em quando... :)))

Mas aí para os teus lados, o que como sempre que aí vou, são ameijoas (ou conquilhas) à bulhão pato! OK, que não são gastronomia regional, mas são sempre uma delícia, quando bem feitas... nham, nham! (agora já marchavam!)

Beijocas!

Torquato da Luz disse...

Já votei, cara Luísa! Xerém ou xarém (ambas as formas são correctas), a verdade é que já não saboreio papas de milho - como se diz na minha terra - há talvez mais de meio século... Saudações algarvias!

SofiAlgarvia disse...

Já votei, Luísa, era impossível deixar passar esta!
E espreitei a receita, será que a farinha de milho comprada cá em Lisboa saberá ao mesmo?!

luisa disse...

Teté,
As papas de milho são um prato tradicional que em tempos idos era comida de pobre. Hoje tornou-se iguaria típica servida cada vez mais em restaurantes. Fazem-se de muitas formas: simples, com conquilhas ou amêijoas, mas também com sardinhas, com caldo de peixe... A minha mãe fazia-as muito com ervilhas.

Torquato,
Devo dizer que quando era mais nova não apreciava muito as papas de milho. Hoje sou fã. E cá em casa até se fazem com alguma frequência.

Sofia,
Acho que por aí não vai fazer diferença. Eu também a compro no supermercado...Basta colocar no tacho o espírito algarvio que vai sair bem de certeza :))

kuka disse...

A melhor é a farinha moída artesanalmente. Há 2 ou 3 anos, fui visitar a Odeceixe e visitei um moinho que foi recuperado e está aberto ao público. Comprei uma farinha de milho que deu para fazer umas papas deliciosas.
Estas farinhas industrializadas são de uma moagem muito fininha.
Em todo o caso, dá para matar saudades. Recordo uma tia, vizinha da minha avó, punha as papas num prato enorme, no centro da mesa e todos, o casal,onze filhos e algumas vezes eu próprio, munidos de colheres, atacávamos as papas que desapareciam em três tempos.
Este ritual era diário, com excepção talvez nos dias de festa.

ariel disse...

Estou de partida para férias, e o petisco abriu-me o apetite, acho que vou experimentar...:))

luisa disse...

Kuka,
Eu costumo misturar a moagem fina com uma mais grossa que, salvo erro, se chama "carolo de milho"...

ariel,
Boa... experimente, sim :)

Mz disse...

Nunca provei este prato tradiccional algarvio, espero não passar deste ano. Isto só prova que de Norte a Sul a nossa cozinha é tão variada .

Bjs