terça-feira, 18 de julho de 2017

Jazz Méditerranée



A propósito disto.



8 comentários:

Janita disse...

Gostei de ouvir! Ainda mais por constatar que, a cantar sorrindo, se podem distribuir afectos e encantos. Grande verdade!
Merecida homenagem.
Um beijo Luísa.

Ricardo Santos disse...

Muito bom. Obrigado Luísa por estes agradáveis 3:23 !

Gaja Maria disse...

Gostei :)

cantinhodacasa disse...

Que belo!
Adoro jazz com bossa nova.
Mostra que as músicas podem fundir-se...e com sorrisos felizes, ainda melhor.

papoila disse...

Que bom! Entra-se neste ambiente e ficamos embalados.
Muito bom. Bjs e obrigada

Manu disse...

Fiquei embalada com este som. Adorei!

Beijos

Victor Barão disse...

Jazz, género de eleição para mim. Um dos raros géneros cuja algumas peças e/ou interpretes, em especial em concertos a vivo, são capazes de me arrancar espontâneos sorrisos ou lágrimas, em qualquer dos casos de puro e duro prazer, além de modo geral me transportar para dimensões emocionais, sensoriais ou espirituais, positivamente pouco comuns _ ao menos no meu quotidiano!

Obrigado pela bela partilha, que inclusive me deu a conhecer um interprete (Henri Salvador) que ainda não conhecia.

Abraço

Laura Ferreira disse...

gostei e muito :)