sexta-feira, 22 de abril de 2011

Folares

O forno de lenha voltou ontem à vida depois de muitos anos a hibernar. Desde que se foram as mãos que amassavam o pão e os folares cá de casa, ficou para ali guardando cinzas e servindo de abrigo a algumas aranhas que teceram panos de renda para dependurar na sua porta de metal. Mas ontem, voltou a arder e ao longo da manhã o ar foi recebendo os seus aromas. Primeiro o cheiro do fumo da lenha que ruidosamente estalava no seu ventre e por fim o cheiro doce dos folares da Páscoa, aromatizados com anis.

Na véspera veio a sogra que, já sobre a meia-noite, amassou como só as mãos daquela idade sabem amassar. Eu assisti, atentamente, segurando por vezes o alguidar e tentando fixar cada movimento dos seus punhos para, talvez um dia, tentar imitar o seu trabalho. Manhãzinha cedo, já com a massa levedada, foram tendidos os folares. Por fim, cumprida a missão do velho forno de lenha, aqui ficam eles para a “prova”, com votos de Páscoa Feliz.



5 comentários:

AC disse...

Mmmm!! Que maravilha, Luísa!
Há tradições que ainda são o que eram. E ainda bem.

Uma doce e feliz Páscoa para si e para os seus!

Suzana Martins disse...

Senti saudades do forno a lenha da casa da vovó. Um forno que aqueciamos saudades e conversas, e depois brincávamos de confeitar bolos...


Saudades...

Beijos e feliz páscoa

Manuela disse...

Querida luisa, que bom aspecto! Pois... eu forno tenho, agora a sabedoria do amassar, não sei como achá-la...
Beijinhos e boa Páscoa :)

Dé disse...

Luizinha
Que saudades !
Os teus folares,remexeram com o nosso passado recente nesta época aí.
Que Alegria partilháva-mos !
Beijinhos e uma Santa Páscoa para todos .

Blondewithaphd disse...

Posts destes com fotos destas são uma provocação!! :)
Boa Páscoa!