quarta-feira, 20 de abril de 2011

Abstrata (1)






Apeteceu-me colocar aqui algumas fotografias que não pretendem retratar nada em especial. Só cores, traços, texturas... abstrações. E quando quis atribuir um título à colecção, comecei a enguiçar com a nova ortografia. Até hoje sempre optei por não pensar nela e escrever como sempre escrevi. Mas agora até já as pesquisas no dicionário em linha me apresentam a palavra com o "antes" e o "depois". Assim: aAO e dAO. Percebi a inevitabilidade desta mudança e percebi que devo estar a entrar numa fase un tanto ou quanto destrambelhada em que provavelmente irei misturar alguns aAO e outros tantos dAO. Para já decidi intitular esta minha série de "Abstrata" em obediência ao dAO. Que me perdoem os puristas.

8 comentários:

Manuela disse...

Querida luisa, gostei desta série... abstracta...abstrata ;)

Teté disse...

Por mim estás perdoadíssima, ao contrário da maioria da malta (incluindo a que não sabe escrever sem dar três erros na mesma frase) não sou contra o Acordo Ortográfico, já não havia mais pachorra de ouvir falar nele ao longo de 20 anos, com discussões cada vez mais extremistas, com pouca razão de ser - de um lado e do outro, evidentemente! Com tanta coisa importante e andam 20 anos a discutir, porque querem continuar a escrever acção em vez de ação? Uma letra que nem se lê??? Dio mio!

E pronto agora que a comunicação social já escreve segundo essas "novas" (eheheh) regras, daqui a nada já quase ninguém se lembra de escrever à "moda antiga"! No tempo da minha avó também aprendeu a escrever pharmacia e depois também se adaptou, não percebo o drama!

Quanto às fotos abstratas, há sempre um mundo de possibilidades entre cores e texturas diversas... :)

Beijocas!

ps - por enquanto ainda vou escrevendo como sei, pois o corrector é antigo e sublinha-me as palavras actuais e não gosto de ver! Mas quando mudar, é limpinho... :D

luisa disse...

Manuela,
Mais c, menos c, a ver vamos o que para aqui vou trazer...

Teté,
Na verdade, há certas palavras que, na nova ortografia, me "soam" esquisito. Mas o tempo e o hábito encarregar-se-à de colocar tudo no seu devido lugar. :)

Briseis disse...

Tás perdoada... =) as fotos estão lindas e não importa muito como escreves, desde que vás escrevendo de forma que se perceba...lol

Catarina disse...

Relativamente ao acordo ortográfico já o adotei no primeiro de janeiro. Por vezes ainda tenho a tendência de pôr (acho até que aqui não se deve colocar o acento circunflexo – tenho que confirmar) o acento circunflexo na terceira pessoa do plural do verbo ter no presente do indicativo e depois tiro-o. Não vale a pena, nesta altura – sou da mesma opinião que a Teté – barafustar sobre o acordo. Veio agora para ficar. Mais vale adotá-lo e poupar energias! : )

luisa disse...

Briseis,
Catarina,

Por enquanto o tempo de transição sempro nos vai dando um desconto... :)

Anónimo disse...

Sobre o acordo estou em desacordo. Mas concordo no ponto de que há coisas bem mais importantes para fazer. Ou desfazer. Enfim, ainda não o adoptei, como se vê.
Quanto às "fotografias que não pretendem retratar nada em especial"... pois talvez não pretendam mas a verdade é que retratam e bem: retratam o teu bom gosto, a imaginação ilimitada e uma enorme habilidade.
Gosto destas cores. Balões?
Rog

luisa disse...

Rog,
Em acordo ou em desacordo, teremos que nos habituar. E as cores são de balões, sim. :))