quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Dias de inverno

Lá fora a cor dos dias mantém-se igual. Monótona. Atravessada de quando em quando por finas gotas de água que se derramam pelo chão. Abanada pelo sopro inquieto do vento. Viro-lhe as costas. Instalo-me ao fogão e decido reabastecer a lata de bolachas com broas de café. Consulto uma vez mais a receita da prima D. São 2,5 dl. de café, 2,5 dl. de azeite, duas colheres de chocolate em pó, 250 g. de açúcar amarelo, uma pitada de sal, meia colher de erva doce, meia colher de canela. Junto tudo no tacho e ponho a ferver. Retiro do lume, despejo então 500g. de farinha para bolos e mexo com toda a força do meu braço direito. Volto a colocar o tacho no fogo por breves instantes, mexendo sempre. Na cozinha a temperatura já subiu à custa do forno que liguei no início dos preparativos. Coloco uma folha de papel vegetal sobre o tabuleiro e assim que consigo mexer na massa, ainda quente, começo a moldar pequenas broas. Quando completo o tabuleiro, coloco-o no forno. Fica lá durante uns vinte e cinco ou trinta minutos. Cheirinho bom. Já cozidas, passo as broas por açúcar granulado e guardo-as na caixa das bolachas.

Todas não, deixo aqui umas quantas. Podem servir-se.



13 comentários:

AC disse...

Nada melhor que uma receita destas para dar cor aos dias.
Luísa, ficaram com um ar delicioso!

Beijo :)

Manuela disse...

Querida Luisa, levo duas que eu sou lambareira ;) Pode ser?
Beijinhos

Gi disse...

Que apetite!

Catarina disse...

luisa, és uma marota. Anda aqui uma pessoa a tentar reduzir os doces, fazer de conta que não é tempo de festas, e aparece a menina com uma foto dessas! Francamente! : )

luisa disse...

AC,

Temos que contrabalançar estes dias tristonhos, não é?

Manuela,
Quantas quiser... :))

Gi,
Força então... a comer e a fazer, que é uma receita bem fácil. :)

Catarina,
As dietas ficam sempre para depois... :))

ariel disse...

Vou também experimentar, abriu-me o apetite.
:))

Lari Medeiros disse...

Deu-me fominha.

Feliz ano novo

Isa GT disse...

E, para mal dos meus pecados, continuo sem paladar... mas logo que isto me passe, vou mesmo experimentar a receita.

Bom Ano luisa

Bjos

ariel disse...

Já aqui estive sorrateiramente a tentar provar as broas e trazer algumas para Oeiras, mas o diacho do sistema informático deve ter-me pregado uma partida.... :)))

Arménia Baptista disse...

Daqui, parecem óptimas!...E o cheirinho, humm...posso levar umas quantas para as minhas bonecas?!...Para lhes dar energia para as Janeiras!
Bom Ano Novo
;)

luisa disse...

ariel, Lari, Isa e Arménia...
Experimentem mesmo. Bom ano a todas!

mdsol disse...

Q. Luísa:

Um ano muito bom e obrigada pela companhia serena, terna e delicada. [Ah! sem esquecer os grandes passeios de domingo]
Beijinho

:)))

Anónimo disse...

Pronto.
Ainda o ano novo não tem um dia e já estou a considerar a hipótese de colocar o recentissimamente prometido jejum aos doces em modo pausa.
A culpa é desse cheirinho boooommmm.
Rog