domingo, 5 de agosto de 2018

Passeio de domingo (414)


Um passeio de sequeiro que podia servir para ilustrar a fábula da cigarra e da formiga.










33 comentários:

  1. Hoje, com este calor percebo a cigarra. De quaquer forma o sonho da cigarra é ser como a formiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E a formiga, Tétisq, não sentirá também um pouco de inveja da cigarra? :)

      Eliminar
  2. A cigarra a trabalhar com esse calor?! Nem pensar! Gozar o verão é que é bom. Mas quando chegar o inverno... lá estará a bater à porta da formiga!
    A Luisa nunca dececiona com as fotos. Quer sejam de sequeiro ou não!
    Aí estão as amêndoas prontas para ser varejadas. Estou a pensar agora se, uma vez que já não há tantas amendoeiras como há umas décadas, se a apanha ainda é manual ou se já há máquinas para o fazer. Vou pesquisar.
    Os meus filhos nunca viram uma amendoeira florida, ou com amêndoas verdes, e não se recordam de as ver nas árvores quando estão prontas para ser apanhadas. Quando estivemos juntos na Colúmbia Britânica em Abril, e a propósito de todos nós (incluindo respetivos esposo/a) nunca termos visto uma tamareira, nem tâmaras frescas (comemos apenas secas), googlamos e mostrei-lhes as belas amendoeiras em flor! E contei a estória da Gilda. Os meus filhos conheciam mas o meu genro e nora, não. Ambos conhecem Lisboa e confirmaram, mais uma vez, que adoram a comida portuguesa.
    Quando ia à “Casa da Avó” (acho que é assim que se chama), aproveitava e comprava tudo aquilo que era feito com farinha de alfarroba. : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catarina, esta amendoeira já tinha as amêndoas a largarem a casca, mas outras vi que ainda a tinham bem agarrada, o que não impede de proceder à apanha. Lembro-me de, quando era miúda, participar nas ajudadas a descascar amêndoas, com a ajuda de uma pequena faca. Quanto ao genro e nora há que dar-lhes também a conhecer o Algarve. :)

      Eliminar
  3. E que bem ilustrada a fábula ficaria!! Com estas macros até se vê como as mandíbulas das formigas são fortes. :)
    Há tanto tempo que não compro biscoitos de alfarroba, um dia destes vou trazer.

    Gostei imenso do resultado deste passeio de sequeiro.:)

    Boa semana, com menos afazeres, Luísa.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita, foi uma sorte conseguir descortinar as cigarras já que apesar de as ouvirmos muito bem elas sabem como se camuflar para não serem vistas. Quanto a estas formigas são bem maiores do que as que habitualmente me invadem a casa e contra as quais estou quase sempre em luta. :)

      Eliminar
  4. belas fotos Luisa,
    acho que nunca consegui ver as cigarras, mal me aproximo, elas calam o seu fado,
    e fico sem saber onde está o camarote delas !

    bom final de domingo
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ângela, como disse à Janita, elas não se deixam ver facilmente. Estão muito bem disfarçadas num grande mimetismo com os troncos das árvores onde se instalam. Tive sorte. Embora já tenha fotografado algumas que vêm parar à minha porta. Ainda há poucos dias estava uma instalada no vidro de uma marquise que aqui tenho. Também apanho muitas asas de cigarras caídas no chão do meu pátio. Desconfio que são as sobras das que alimentaram os pardais ocupas que tenho no telheiro. :)

      Eliminar
  5. Belíssimas fotos Luísa!
    Já mereces outro destaque que não somente o teu Blogue!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Ricardo! Mas isto não passa mesmo de um passatempo. :)

      Eliminar
  6. Belíssimas estas imagens!

    Beijo- Boa noite!

    ResponderEliminar
  7. As fotos são um mimo para os olhos.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente que lhe agradem, Pedro. Obrigada.

      Eliminar
  8. Também acho as fotos boas. Boas porque mostram a terra na sua amargura de calor e sede. A terra-chão que tanto maltratamos e, por estes dias de inferno, rasga em fendas, esfarela agruras e vive à míngua da água que lhe tarda.
    Mas há-de vir um verão europeu depois desta incursão tropical.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, bea. Por estes dias, aqui perto e cada vez mais perto, está a correr um verão verdadeiramente infernal. Até daqui, de onde resido, já se observa um céu de fumo.

      Eliminar
    2. e oxalá não a atinja física e materialmente, que o resto dos danos vamos pagá-los em fracções.

      Eliminar
  9. Bom dia. Adorei as fotos belíssimas que nos traz :))

    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda- Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu agradeço-lhe a companhia, Larissa!

      Eliminar
  10. Olhares preciosos e minuciosos que encheram de beleza o meu olhar!!!
    ...
    Bj
    A minha filha tem uma bactéria no intestino ... de origem ainda desconhecida ... e continua em recuperação mas ainda internada!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que recupere rápido, Gracinha. Imagino a sua preocupação.
      Um beijinho.

      Eliminar
  11. Respostas
    1. GM, tenho uma objetiva sigma 18-300. Não é propriamente uma macro mas o que eu pretendia quando a comprei era versatilidade para poder focar ao perto e ao longe sem a chatice de andar a trocar de lente. Não dá para aquelas imagens super detalhadas. Não se pode ter tudo... :)

      Eliminar
  12. Mesmo já sendo terça feira...adorei as fotos deste passeio de Domingo
    Uma Boa Semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é sempre bem-vinda ao passeio, qualquer que seja o dia da semana, até porque o próprio passeio já tem "roubado" fotos a outros dias. :)

      Eliminar
  13. Luisa, que belas fotos.
    A das amêndoas é o máximo!
    Cada vez melhor, senhora fotógrafa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Teresa! Umas vezes saem melhor, outras pior... :)

      Eliminar
  14. Se ainda não o referi, já deves ter notado pelos meus comentários que adoro "macros" !!!
    Estão fantásticas ! Parece que tens um telescópio na objetiva !!!!! ... Que "definição" !!!
    Diria mais (a brincar) : parece que nessas duas primeiras fotos, as marotas estão, como se diria no antigamente, "a fazer coisas malcriadas" ! eheheh
    E na 3ª foto, ,... mas que coisa estranha agarrada à parte de trás da formiga !!!
    Mas todas as outras fantásticas de fazer inveja !!! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que é mesmo isso, Rui. Penso que estão a procriar. :)
      No caso da formiga, não é a parte de trás, é a parte da frente, umas senhoras mandíbulas que transportam uma qualquer flor seca.

      Obrigada!

      Eliminar
  15. Teve sorte em fotografar a cigarra, eu nunca consigo.
    belas fotos...eu adoro foto de formigas! bjssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada lenalima! Há por aqui imensas cigarras e apesar de serem difíceis de distinguir, de tão iguais ao tronco da árvore onde poisam, lá consegui vislumbrá-las. :)

      Eliminar
  16. Excelentes macros, eu quase nunca consigo fotografar bicharada, fogem de mim a sete pés.
    Adorei este passeio de Domingo com estas belas fotos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende da bicharada, Manu. Nas cigarras, o difícil é ver onde estão. Elas não se mexem propriamente muito.

      Eliminar