segunda-feira, 7 de agosto de 2017

How high the moon

6 comentários:

  1. Um belo complemento à Lua anterior. :)

    ResponderEliminar

  2. Incrível como este senhor aos oitenta e picos ainda tinha performances destas.
    Notável!

    Obrigada por me fazeres recordar Grappelli.
    Beijinhos violinistas
    (^^)

    ResponderEliminar
  3. Grappelli um dos meus violinistas de jazz preferido !
    Obrigado Luísa

    ResponderEliminar