terça-feira, 1 de agosto de 2017

Artes plásticas


Tela da tarde
mágicos pigmentos e
pincel de vento

15 comentários:

Isabel Pires disse...

Ui, Luísa, esmeraste-te!

Briseis disse...

Que beleza! E que arte, para conseguir captar essas cores!

Catarina disse...

E com poucas palavras, disseste muito.

Um bela fotografia!

Rui disse...

Será que já alguma vez pensaram bem nos conceitos de "natural" e "artificial" no sentido artístico (tela e pincel, por ex.)?...
Quantas vezes uma pintura é tão linda e tão perfeita que dizemos : "até parece natural" ! E quantas vezes se verificam condições idênticas em que dizemos : "até parece artificial "!

mz disse...

É uma aguarela!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

MARAVILHA!

papoila disse...

Beleza!
Vai estar calor...
bjs

Janita disse...

Não há pintor com maior engenho e Arte do que o Criador...

Belíssimo o teu atento olhar e a tua objectiva, que conseguiram captar esse instante mágico.

Parabéns, Luísa.

Rita Norte disse...

Um fim de tarde mágico e muito bem enquadrado nesta tela com cores deslumbrantes.
Beijinho

Pedro Coimbra disse...

E uma foto FANTÁSTICA!!

Victor Barão disse...

Se a imagem é boa, as palavras são fantásticas _ no seu conjunto um regalo para os sentidos!

Abraço

[...o local: Sines e a data: 2014, ainda que no passado fim-de-semana lá estive e a mesma "Apaixonada expressão juvenil" se mantenha tal como na foto]

bea disse...

Bonitas, as nuvens vistas de um certo ângulo e a certa hora da terra.

Os olhares da Gracinha! disse...

Uma bela pincelada!!!
Bj

luisa disse...

Isabel,
Não fui eu, foi o céu. :)

Briseis,
Surpreendo-me sempre com o céu crepuscular.

Catarina,
Mesmo quando quero muitas palavras, elas fogem de mim. Por vezes até desespero.

Rui,
Verdade. Não tinha pensado nisso. :)

MZ,
Muitas vezes olho para o céu e me parece uma aguarela.

Carlos,
O final do dia estava tão bonito que não resisti a pegar na máquina.

Papoila,
Sim, hoje o dia foi bastante quente.

Rita,
Mágico é a palavra. Eu fiquei encantada quando olhei para o céu ontem à tardinha.

Pedro,
O céu é que estava fantástico.

Victor,
Mas olhe que não fazem bem jus à realidade. Ao vivo foi bem mais bonito.

Bea,
Esta foi uma hora dessas. Uma hora, não, porque foram breves minutos. :)

Gracinha,
A foto tenta reproduzir o inimitável. Dificilmente o consegue. :)

Nilzete Pereira De Matos disse...

Imagem belíssima