terça-feira, 27 de outubro de 2015

Repetição

Caminho de novo, como dantes. Repito os recomeços tal como noutras ocasiões. Caminho agora como já o fiz, ora com mais calor, ora com mais frio mas sempre acompanhada dos sons e dos cheiros da noite. Caminho de novo como quem não sabe fazer diferente mas que em cada passo renova o tempo.

9 comentários:

Maria Eu disse...

Também é bom trilharmos caminhos já trilhados, revivendo!

Beijos, Luísa. :)

Ricardo Santos disse...

Há caminhos que trilhamos sempre, como se quiséssemos relembrar o passado que nos foi querido !!!

Benó disse...

O recomeço é sempre bom. Ainda bem que já aconteceu. Por enquanto espero a minha vez.

Janita disse...

Eu lá fui abrindo os links que nos deixaste como se migalhinhas de pão fossem, para não perder o caminho de regresso.
Assim, caminhei contigo, por esses caminhos que vais repetindo mas são sempre diferentes.
Agasalha-te que as noites já são frescas!

Um beijo e boas caminhadas. Eu interrompi as minhas nestes últimos dias de chuva.

Pedro Coimbra disse...

Nem de propósito, hoje brinco com as caminhadas.
Que eu preciso de fazer mas sinto preguiça de fazer.

mz disse...

A vida é um constante recomeço e aqui incluem-se as mais variadas rotinas. Caminhar faz muito bem!

Bjs

Isabel Pires disse...

Nunca se repete uma viagem, Luísa.
Mesmo quando o traçado que seguimos no mapa é igual.
Talvez nada se recomece... Começa-se, simplesmente.
Beijo.

Miss Smile disse...

"Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade."

Miguel Torga

Um beijinho, luísa, e bons recomeços :)

Laura Ferreira disse...

entendo isto tão bem...