domingo, 20 de outubro de 2013

Passeio de domingo (168)


Entre Algarve e Alentejo, um passeio com muita estrada e algumas compras comestíveis na feira de Castro Verde.







19 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Então hoje foi às compras? Um passeio pelo menos diferente...
Boa semana

Catarina disse...

O que foi que compraste para comer? É um doce? (última foto)

Catarina disse...

O que foi que compraste para comer? É um doce? (última foto)

Rosa dos Ventos disse...

Que compras mais aliciantes!
Tirando a palha, claro! :)

Abraço

Teté disse...

O cestos são giríssimos e o torrãozinho até que marchava... :)

Beijocas!

Pedro Coimbra disse...

Umas castanhas assadas até que já marchavam :))
Boa semana!!

Naná disse...

As saudades que tenho do torrão de Alicante :)

Rui Espírito Santo disse...

Como sempre belíssimas fotos, desta vez, sem mar ! :))
Interessante o "tema" fotográfico : cestos, castanhas, alhos e palha, mas acho curiosa a 1ª ! :))
.

Arco Iris disse...

Outro destino ....outras paisagens.
Sempre belíssimas fotos

Jorge disse...

Um bom passeio, mui bem ilustrado, com peças do nosso artesanato e produtos da nossa agricultura.
Uma feira genuina que faz parte da nossa cultura popular. Gostei de ver!
;)
J

Pérola disse...

Adoro mercados, feiras, artesanato.

Que velas fotos!

beijos

quem és, que fazes aqui? disse...


A quinta fotografia está fabulosa! Por ela valeu o passeio!

Beijo

Laura

( Levo a última...)

Tétisq disse...

belas fotos. Infelizmente as castanhas ainda estão muito caras mas, já caem bem :)

Ricardo Santos disse...

Um dos melhores músicos de sempre do panorama musical português APV

jorge esteves disse...

Deixei os olhos para trás: nos alhos!
(bonitas imagens!...)
abraço

Maria Emilia Moreira disse...

Parabéns amiga!
As fotos estão uma maravilha!
Bela ideia de fotografar todos esses produtos!
Abraços.
M. Emília

Ana disse...

Adoro cestas!!

Graça Sampaio disse...

Hummmmmmm! Torron de Alicante.....

(Mais e mais) belas fotografias!

Parabéns!

clô disse...

Estive pela primeira vez na feira de Castro, (estranho, sendo de lá perto)mas a distância a que vivo nunca deu para lá ir, gostei, mas confesso que gostei mais de ver esta reportagem ma
gnifica, Parabéns Luísa.