sábado, 21 de julho de 2012

Laranja



Pergunto-me quem terá passado, apressado, por ali, comendo uma laranja, talvez roubada da horta. Sem mesmo a descascar. Abrindo-a com os dedos, sugando-lhe os gomos sumarentos, roendo-a por dentro da casca. Foi com sofreguidão que alguém comeu aquela laranja. Comeu-a fugindo terra acima. Atirando os seus destroços para trás. Como quem não quer saber de nada. Como quem só quer esquecer que teve fome. Insensível ao ardor dos espinhos cravados na pele.

9 comentários:

Maria Emilia Moreira disse...

Quem terá passado, apressado e sequioso?! Talvez algum pirómano... estamos na época deles.
Bela foto.Bom fim-de-semana.
M. Emília

Pérola disse...

Muito bem apanhado. O arame farpado provoca-me arrepios.
Um beijinho

Pérola disse...

Muito bem apanhado. O arame farpado provoca-me arrepios.
Um beijinho

Rui Pascoal disse...

"Os Laranjas" e que nos andam a comer... E bem.
:(

Briseis disse...

As histórias que as coisas mais simples te sugerem e segredam são sempre deliciosas... =)

hesseherre disse...

Em primeiro lugar: não é arame farpado, é planta coalhada de espinhos...foi daí que fizeram a coroa de Cristo.
Em segundo lugar piromaniacoé o doido que põe fogo nas coisa, mártir é quem ateia fogo às próprias vestes....
Em terceiro lugar não é uma laranja, é uma tangerina pocan, que se descasca com grande facilidade com os dedos.
Às ordens e com amizade.

Rosa dos Ventos disse...

Esta imagem é uma metáfora!
Tantos que são "sugados" e deixados para trás!

Abraço

AC disse...

A laranja (ou tangerina) é biodegradável, mas entretanto muitos bichinhos se vão banquetear.
Do texto fica a metáfora, actualíssima.

Beijo :)

mfc disse...

Esta é a análise fotográfica de quem sabe olhar e ver.
Beijinhos,