sexta-feira, 27 de julho de 2012

A vida é bela (21)

... quando inesperadamente encontro amoras silvestres.


7 comentários:

Gi disse...

Ui que bom, adoro.

Lemon disse...

Ando mortinha por encontrar e fazer doce :D

Ana disse...

por aqui também se vêem, quando estiverem maduras lá vou eu à aventura;)
beijos

Rui Pascoal disse...

Se conseguirmos evitar os espinhos...
também.
:)

Teté disse...

Nem são assim tão difíceis de encontrar no campo, não é? :)

Beijocas!

Graça Sampaio disse...

A natureza é uma coisa indescritivelmente maravilhosa!

Lindas!

*C*inderela disse...

cheguei a comer umas directamente da árvore quando passava férias no Algarve. Boas recordações :)