sábado, 25 de setembro de 2010

A vida secreta dos objectos - O diabo mexicano



Mira….Acreditem se quiserem…mas sou certamente o diabo mais desejado do mundo. Pelo menos o mais desejado de Portugal. Bem, sem dúvida o mais desejado do Algarve. Enfim… de Faro… Bom, sou inegavelmente o mais desejado do serviço do A.

E digam lá se não sou o máximo… com estes meus dentes rangedores e os meus membros articulados que me facilitam o movimento….

O que é que faço por cá? Olhem, pois agora observo os dias atarefados deste escritório e os doidos que por cá trabalham. No dia em que cheguei foi um autêntico reboliço! O A. sentou-me em cima do armário do seu gabinete. Mas logo o J. fez um chinfrim dos diabos para me levar para a sala dele e da P. e da I. Só vos digo… foi uma guerra! Todos queriam que eu ficasse por perto! É que já esperavam por mim havia mais de um ano. Primeiro viram-me nas fotografias das férias do A. que, vá-se lá saber porquê não me comprou de imediato. Choraram lágrimas de crocodilo e atazanaram o A. meses a fio por não me ter trazido logo com ele. Por isso continuei no meu país, de mercado em mercado, com os meus familiares a ver passar turistas. Muitos dos meus primos foram partindo para os quatro cantos do mundo e, para ser honesto, também já me apetecia viajar e vir infernizar a vida desta gente, do lado de cá do Atlântico. E consegui! A irmã do A. foi este ano de férias para o México. Levou a encomenda feita e trouxe-me finalmente para cá. Agora é que vão ser elas….

Ah Ah Ah acreditem que yo voy a hacer de este lugar un auténtico INFIERNO!!!!

1 comentário:

Anónimo disse...

Quie nadié si aproximie con malios intientios, piorqui yo seiré implacablié