quinta-feira, 19 de abril de 2018

Lutas


Em luta contra os excrementos dos pardais que, como todos os anos por esta altura, voltam a fazer ninho entre as canas e as telhas do meu alpendre e me conspurcam o pátio todo; em luta contra os desgraçados dos passarinhos mortos, ainda sem penas, caídos ou jogados fora dos ninhos pelos progenitores e que recolho para o lixo antes que as formigas ataquem; em luta contra os caracóis e as lesmas escondidos entre as folhas das alfaces que preparo para a salada do jantar; em luta contra as molas que teimam em cair-me das mãos quando penduro a roupa no estendal; em luta contra o feitiço da lua, que me espreita, já crescente, mas de que não falarei. Uma canseira de vida.

16 comentários:

AFRODITE disse...


Privilégios de se viver com um quintal à porta e longe do bulício das cidades...
Estás-te a queixar de feliz... eu bem sei!

Beijinhos
(^^)

P.S. também costumo travar essa luta com as molas...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Dão-me cabo do terraço e das plantas, mas em parte é culpa minha, porque no Verão quando tomo o pequeno almoço no terraço, tenho a mania de os atrair com umas migalhitas..

Catarina disse...

Há vantagens quando se vive no campo, mas tb há todas essas inconveniências. :)

Pedro Coimbra disse...

Melhor que um amigo meu que levou uma cagadela de pombo que o deixou a tresandar.
Como ia a caminho da Faculdade lá teve que apanhar o autocarro para voltar a casa, tomar banho, mudar de roupa.
Era trampa até à roupa interior!! :)))
Bfds

CCF disse...

Uma luta de séculos, já os nossos avós e bisavós a travavam. Mas quanto à lua, ah, quanto a essa não vale a pena lutar, é mesmo deixar-se enfeitiçar.
~CC~

Gil António disse...

Mas isso é uma canseira? Imagine: Em Agosto passado, um calor de rachar, ia beber um imperial numa cervejaria do Rossio, Lisboa, e não é que leva com uma cagada de Pombo nas costas? Agora imagine umas pessoa que ali passavam que riam a bom rir com a minha "desgraça". Fui lavar a camisa a umas águas ali perto e esperei em tronco nu cerca de uma hora para que a camisa secasse...ficando tão suja, lol
.
* Criança brincando ... em interno lamento. *
.
Cumprimentos poéticos.

A.João disse...

Agora imagina o que é lutar contra os excrementos de gaivota...

Cidália Ferreira disse...

É uma canseira mas vale a pena!! :)

Beijos. bom fim de semana.

Os olhares da Gracinha! disse...

Também tenho algumas dessas lutas e este ano um deles decidiu fazer ninho por cima de uma das portas de entrada =)
bj

Elvira Carvalho disse...

Há lutas bem piores amiga.
Abraço e bom fim-de-semana

Meu Velho Baú disse...

E os pombos a sujarem os carros ....:((
Molas também é comigo :))
Bom fim de semana

Manuel Veiga disse...

os pardais dão sorte ...
enfim, ouvi dizer!

Janita disse...

Acho essa tua canseira de vida, uma rotina tão agradável, Luísa! Talvez por ser um pouco parecida com a minha. Até isso das molas da roupa te/me caírem das mãos... :)
Por cá, eu ainda tenho o pesadelo das rolas e pombas, que sobrevoam o meu carro e o deixam cheio de 'marcas que, depois de secas, dão luta para as conseguir remover.
Só que eu já entreguei 'os pontos', deixei de lutar!

Beijos, excelente FDS.

bea disse...

Ah, ah, ah...são lutas benévolas mas que chateiam, sim senhora. São mais ou menos as minhas: também me caem as parvas das molas e os pássaros sujam tudo, só lhes perdoo por me alegrarem as manhãs. As folhas caem da árvore em força de outono forte e tenho de varrê-las, as ervas proliferam por qualquer interstício e crescem quase à velocidade da luz, tenho de tratar de arrancá-las ou a casa ainda me desaparece e depois como é que me arranjo no meio da selva?! Hummm...a primavera, vendo bem, é uma carga de trabalhos.

Gaja Maria disse...

Pequenas grandes coisas que muitos de nós trocaríamos de bom grado por outro tipo de lutas Luisa. Todos nós travamos lutas inglórias. Um otimo fim de semana :)

luisa disse...

Queixo-me, queixo-me...mas é verdade que gosto de viver aqui, mesmo com cocós de pássaros que nem alimento nem nada. Mas pronto, uma pessoa tem que desabafar. :))
Obrigada, Afrodite, Carlos, Catarina, Pedro, CC, Gil, A.João, cidália, Gracinha, Elvira, Meu Velho Baú, Manuel Veiga, Janita, bea, GM, obrigada pela vossa solidariedade nestas "lutas". :)