terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Única

És a única que sabe.
Ela é que não sabe que há segredos que eu preferia não saber.

21 comentários:

Isabel Pires disse...

E das melhores formas de espalhar uma notícia é dizer "não contes a ninguém".

Elvira Carvalho disse...

E como pesam alguns, para quem sabe o que é um segredo.
Abraço

A Nossa Travessa disse...

Minha querida Luisinhamiga

É um truque muito, muito, muito velho...

Muitos Queijinhos do teu amigo

Henrique o Leãozão e da Raquel

Rui disse...

!!! Segredo ?... Eeeiii, boa ! Tenho que contar já aos meus amigos, caraças ! :))

ana disse...

também há segredos que eu preferia não saber.

Larissa Santos disse...

Tenho segredos que carrego uma vida :))


Hoje:- Serenata em telepatia
.
Bjos
Noite feliz

Gaja Maria disse...

A ignorância mantem-nos muito mais felizes :)

Cidália Ferreira disse...

Por vezes mais vale não saber nada, loool

Beijinho

Janita disse...

Já somos duas!! Quando me dizem que vão contar algo que é para ninguém saber, digo logo; então o melhor é não dizeres nada.. E não é porque não saiba ser digna de guardar um segredo, é porque acho que segredos devem ficar com os seus donos...Mas, por vezes insistem e lá fico eu, sem querer, na posse daquilo que, provavelmente foi dito a outra pessoa e que, sendo desvendado posso até ser tida como delatora.
Adoptei o sistema: segredos, não obrigada! :))

bea disse...

É. Há segredos que o são e outros que não. O segredo é feito por quem o ouve, muito mais do que por quem o conta. É quem ouve que o determina como segredo. Não me custa ou pesa guardar segredo se assim mo pedem. Mas a vida ensinou-me que pouca gente consegue guardar um segredo.
Contudo, partilhá-lo alivia quem conta e enaltece quem o recebe, se é digno da confiança depositada. Não o sendo, é mais uma pessoa a riscar da lista das intimidades.

Maria Eu disse...

Um segredo é-o enquanto for só nosso.

Beijinhos, Luísa :)

Pedro Coimbra disse...

Há duas pessoas na minha vida a quem confio todos os meus segredos - a minha prima (irmã do coração) e o meu melhor amigo e padrinho da minha filha Mariana.
Bom resto de semana

Laura Ferreira disse...

há segredos que dispensava, sim.
muitas vezes até faço por me esquecer deles.

Manu disse...

Segredos podem ser armas que contados à pessoa errada, podem destruir uma amizade que julgávamos ser verdadeira.

CCF disse...

Eu gosto de guardar segredos:)
~CC~

Os olhares da Gracinha! disse...

Eu não gosto quando me segredam!
bj

Meu Velho Baú disse...

Sei guardar segredos mas.....prefiro que não me contem.
E, se outro sabe o segredo e não sabe guardar :((

Manuel Veiga disse...

tais segredos é preferível atirá-los pela janela.
haverá sempre quem os apanhe.

luisa disse...

Isabel,
É mesmo. E não sei se em certos casos não será até estratégia.

Elvira,
Precisamente. Há segredos que nos pesam demasiado.

Henrique,
Há segredos e segredos. Nalguns casos, pedir segredo, pode ser mesmo uma forma de forçar a divulgação do assunto.

Rui,
Ora lá está… :)

Ana,
É o caso deste em que pensei quando aqui escrevi.

Larissa,
Todos temos segredos. Alguns, nossos, nunca desvendamos.

GM,
É isso mesmo. Há segredos que são um fardo demasiado pesado.

Cidália,
Neste caso era o que eu queria.

Janita,
Saber que, muito provavelmente, não serei de facto a única a saber é uma das razões que me levam a preferir não ouvir os tais segredos. Fica-se sempre com essa inquietação de que poderão pensar que fomos nós a espalhar o assunto.

Bea,
Também é verdade isso de ser o ouvinte a determinar o segredo. Há muitas coisas que me contam sem me pedir segredo, mas que eu entendo não divulgar.

Maria Eu,
De facto, só que o nunca contamos a ninguém é realmente segredo.

Pedro,
E conta todos, todos mesmo? É que, por muita confiança que tenhamos nos mais íntimos, a não ser por necessidade imperiosa de desabafo, parece-me que haverá sempre segredos só nossos.

Laura,
Pois, esquecê-los será porventura o ideal. :)

Manu,
E como sabemos que é a pessoa errada? Se contamos é porque confiamos. Isto de lidar com segredos é muito difícil.

CC,
Eu também guardo. O gostar disso é que não sei bem… Por um lado, poderei sentir-me bem por em mim depositarem confiança, por outro lado não gosto de viver com o receio de que o segredo acabe por deixar de o ser e quem o confiou pense que eu, afinal, não o guardei como devia.

Gracinha,
Depende talvez dos segredos e das pessoas em causa.

Meu Velo Baú,
Eis a questão. Há sempre uma dose grande de insegurança nesta coisa dos segredos.

Manuel Veiga,
Tais? Mas quais? Esta aferição dos segredos que se guardam ou não, é exercício muito difícil.

AFRODITE disse...

Contar um segredo pode ser um grande alívio.
Há segredos que são difíceis de os carregarmos sozinhos ...

Beijinhos sem segredo
(^^)

luisa disse...

Afrodite,
Também é verdade. E acredito que foi esse o caso.