sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Chegar a roupa ao pelo


17 comentários:

ana disse...

ou o pelo à roupa :)

redonda disse...

:) este pelo parece um bocadinho assustador, muito despenteado :)

Ricardo Santos disse...

Muito bom como de costume ! :))

bea disse...

verdadíssima.

Manu disse...

A peruca caiu? Muito bom!

Catarina disse...

:))))

Briseis disse...

Ui... Mais parece uma juba! A roupa que se cuide... =)

Rui disse...

:))) Mais uma e muito boa também ! :))

Victor Barão disse...

...numa conotação literalmente mais peluda que a original! :)))

Célia Rangel disse...

Boa criatividade!
Abraço.

Vane M. disse...

Sendo do Brasil, não consegui desvendar a expressão literal, rsrsrs, deve ser algo típico de Portugal. Abraços!

mz disse...

É mesmo! :)

Eu não gosto de pelos na roupa.

Janita disse...

Neste caso parece-me que foi o pêlo que se chegou à roupa.
Uma foto gira, como sempre!!:)

Flor de Jasmim disse...

Magnifico como sempre!

Bom domingo Luísa.

Beijinho imenso

Os olhares da Gracinha! disse...

Bem criativo e o pêlo na roupa é uma chatice!!! Bj

teresa dias disse...

Olá Luisa!
São sempre perfeitas as tuas postagens.
Imaginação não te falta. Ainda bem!!
Venham mais.
Beijo.

luisa disse...

Ana,
Ou isso… :)

Gábi,
Era o único pelo que estava disponível para a fotografia. :)

Ricardo,
Obrigada!

Bea,
O pelo (tal como o algodão) não engana. :)

Manu,
É pelo ( de peluche)… :)

Catarina,
:)

Briseis,
Olha que apenas um rabinho… :)

Rui,
Obrigada. :)

Victor,
O objetivo é esse mesmo, ser o mais literal possível. :)

Célia,
Obrigada!

Vane,
É um pouco violenta, esta expressão. :) Significa bater em alguém.

Mz,
Pelos na roupa é horrível, mesmo. :)

Janita,
Foi o que se arranjou. Obrigada! :)

Adélia,
Obrigada. Que tenhas também um bom domingo. :)

Gracinha,
Seguramente. Pelo na roupa é do horror. :)

Teresa,
Muito obrigada!