segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O espelho

Olho-me ao espelho. Desiludida, vejo que deixou de ser amigo. Mostra-me os anos que passam e me marcam o rosto. Aquela ruga está mais acentuada. E já dou com outra em que, até agora, não tinha reparado. Uma mancha castanha toma liberdades e assenta arraiais ali na testa. Um pelo teima em crescer-me no queixo. Arranco-o sabendo que voltará.

Olho-me ao espelho. Quem dera quebrá-lo. Inspiro. Expiro. Suspiro. Resisto.

Olho-me ao espelho. Sei que ele ainda é meu amigo. É o amigo de verdade. É aquele que não  está cá para me fazer fretes. Não me dá palmadinhas nas costas. Vê-me tal como sou e não me ilude. Reconcilio-me com ele. Vou continuar a olhar-me ao espelho. Sei que só ele me pode ajudar a manter a lucidez, a tranquilidade, a aceitação.

11 comentários:

Graça Sampaio disse...

Pois... a sorte que eu tenho! Como sou míope, quando me olho no espelho de manhã, ainda sem óculos, não dou conta de (quase) nada...

Beijinhos ... jovens...

Benó disse...

Espelho meu, espelho meu......
Tenho uma pinça com luz, assim que o pelo aparece, já era.
Diverti-me a ler-te, Luisa.

Majo disse...

~~~
~~~ Ri-me com o comentário da Graça.
~ Eu não sou míope e acontece-me o mesmo.

~~ Óculos e rugas à parte, o que interessa
~~~~~~ é a simpatia e boa disposição.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Isabel Pires disse...

O espelho vê-te como tu és ou são os teus olhos que fazem essa triagem? ;)

Gi disse...

Bem dito, Luisa.

LuisY disse...

Luisa

Nem todos os espelhos são amigos. Alguns de nós transformam estes objectos em mentirosos. Aliás é um tema que foi tratado por muitos pintores no passado. Há uma obra célebre, a velha dama ao espelho de Bernardo Strozzi dito Il Cappucino, que mostra uma velha senhora ao espelho, enfeitando-se e pintando-se como se fosse uma jovem, enquanto que as criadas a ajudam, com um olhar irónico. A velha dama segura uma rosa, que contrasta com a sua beleza fanada. É uma obra terrível pela sua crueldade, mas ao mesmo tempo tão actual e tão humana.

Se quiser ver o quando espreite o link http://ma-planete.com/blog/view/id_27656/title_La+vieille+dame+au+miroir

AC disse...

Luísa,
Quando isso acontece, não é o espelho que é nosso amigo, somos nós mesmos...

Um bom final de semana :)

mz disse...

E se for de aumento?
Ui!

:)

Acontece com todas nós, uns dias parecemos mais jovens, outros dias, menos jovens.

deep disse...

Há que não dar muita confiança aos espelhos. :)

redonda disse...

Pensei o mesmo que a Graça em cima, que aqui tenho sorte em ser míope :)

Rui Pascoal disse...

Alguém disse que os espelhos deviam pensar duas vezes antes de reflectir.
:)