quinta-feira, 26 de março de 2015

Rosa


Despiu-se sem pudor, deixando-se cair aos poucos sobre a mesa. Percebia-se que era uma rosa com as emoções à flor da pétala.

14 comentários:

  1. Muito bonito!! Poético - o texto e o click!!

    ResponderEliminar
  2. Olá, Luisa!
    Inspirei-me na imagem e deixei-me levar pela poesia das palavras. Obrigado!
    J

    ResponderEliminar
  3. Muito bonito.
    O texto, a imagem, o post.
    BFDS

    ResponderEliminar
  4. Muito bonito o texto e em poucas palavras dizes tudo, Luisa !
    Adorei !

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. ~
    ~ B e l o s !

    ~ O Pensamento e a ilustração.

    ~ M u i t o !

    ~ ~ Excelente fim de semana. ~ ~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar

  6. na próxima vez terei mas respeito pelas pétalas que caem dos arranjos nas jarras e que sujam a toalha!

    ResponderEliminar
  7. Poetisa fotógrafa! E das boas! :)

    Beijo, Luísa. :)

    ResponderEliminar
  8. Essa pelo menos floriu. Tenho aqui umas orquídeas que umas floriram e outros botões amareleceram e caíram sem abrir... chuif, chuif!

    ResponderEliminar
  9. Não fosse o espinho, até lhe dava um beijinho.
    :)

    Lindo!
    Votos de uma Páscoa muito feliz.

    ResponderEliminar