terça-feira, 17 de setembro de 2013

Teimosia


Todos os dias há uma flor que murcha, uma pétala que cai, uma folha que seca. Todos os dias se morre um pouco mas todos os dias se teima em viver.
  
Murchou a flor da orquídea, ali no patamar das escadas. Não há de ser nada. Novas folhas já estão a caminho e das hastes nuas, mas orgulhosamente erguidas, sei que vão nascer novas flores.

7 comentários:

Rui Pascoal disse...

Renovação, só para ser do contra.
:)

Tétisq disse...

a vida também é sucessão umas morrem outras nascem :)

maria disse...

E é sempre assim...

Não faças como eu que quando fiquei só com as hastes as deitei fora pensando que era o fim da planta...

Beijinho :)

Pedro Coimbra disse...

Nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.

Ana disse...

É a magia da natureza em constante renovação:)

Arco Iris disse...

A Natureza é assim mesmo....acaba por ser o ciclo da Vida.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
A renovação em vida é necessária, a natureza dá-nos sempre o exemplo da renovação que é difícil ser compreendida pela nossa parte.

ag