segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Farniente

Gastei o dia embrenhada na leitura de “A sombra do vento”, incapaz de largar o enredo que atravessava as finas folhas da minha edição de bolso.  Acolheram-me para isso a minha pequena cadeira de praia, logo pela manhã, e o sofá da sala ao longo da tarde. Foi de tal modo que já se me turvava a vista e dava por mim experimentando várias distâncias entre os olhos e as linhas impressas da história. Julguei que tinha gasto as lentes dos óculos e que teria de rapidamente marcar uma consulta para providenciar a sua substituição. Quando cheguei ao final, levantei-me com o traseiro espalmado de tantas horas a aguentar-me firmemente sentada e com todas as campainhas das corriqueiras necessidades fisiológicas a tocar em grande alarme.  Repostas as condições mínimas de sobrevivência, estendi-me na espreguiçadeira ao sol do fim de tarde. Ainda soavam cigarras, piavam os ninhos do telheiro e fiz aquilo que se deve fazer em tempo de férias. Nada.

14 comentários:

Rui Pascoal disse...

Esse livro "amarra" o leitor, a mim aconteceu-me isso.
:)

Teté disse...

Adorei o livro, que já li há alguns anos. E sim, é mesmo de não largar, até ao final... :)

Os italianos é que a sabem toda: farniente é muito bom! :D

Beijocas!

Rui Espírito Santo disse...

A isso se chama um dia em beleza, Luisa ! :)) ... O Dolce farniente impõe-se nestes dias quentes ! rsrs

Bjs. :))
.

Vane M. disse...

ai, que delícia...essas são as férias que valem a pena! Adorei, um abraço!

Rosa dos Ventos disse...

Adorei esse livro que já li há uns bons anos...estou como a Teté! :-))

Abraço

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Gostei imenso do livro ( como de quase todos do Zafón, aliás) e também fiquei amarrado à leitura!

Catarina disse...

Saí do blog da Graça a rir e chego aqui e não parei de dar gargalhadas!!!

Que dia fabuloso!!!! E eu que trabalhei a valer para me cansar e assim adormecer com mais facilidade porque amanhã é dia de trabalho! : )) Faz sentido?!

Ah! E tb gostei desse livro a que um dos teus leitores se referiu. Já nem me lembro se foi a Teté ou o Carlos.

Pedro Coimbra disse...

Invejazinha da boa é aquilo que eu sinto :(

J. disse...

tao bonita a imagem deste texto :)

Mz disse...

Um livro por vezes tem esse dom.

Boas férias :)

Ana disse...

Já li dois livros dele e adorei, fiquei fã.

Arco Iris disse...

QUE BOM !.....
É isso tudo que me acontece , quando gosto de um bom livro.
:))

Graça Sampaio disse...

Rica vida!! Que bom para ti, Luísa! Acho que tenho de ler esse livro que deve ser bem empolgante!

Continua...

papoila disse...

Não fujo à regra também o li num ápice :))) e adorei.
É uma delícia ter um livro desses!
xx