quinta-feira, 30 de maio de 2013

Espia

Percorro as pastas que encerram os ficheiros das fotografias. Há árvores. Há flores. Há bichos. Há pedras. Há casas. Há praias. Há serros. Há céu. Há nuvens. Há mar. Por vezes há pessoas. Pessoas ao longe que não podem ser reconhecidas. E outras de quem, embora desconhecidas, o esforço do zoom me desvenda as feições. Não sei quem são. Elas ignoram que as fixei num ficheiro jpg. É um tocador de gaita de foles que, num dia frio, anima um grupo de jovens no areal. É um casal de noivos que posa junto a um rochedo para mais tarde recordar. É um mariscador na Ria Formosa. É um cicloturista. É um pescador. É um surfista. É o rosto de quem foi à feira. É quem está na festa popular. É quem se atravessou na rua no preciso momento em que eu disparava. Nenhum deles sabe que os posso observar naquele instante que congelou para sempre a sua imagem. De cada vez que os olho, sinto-me como intrusa. Sou espia a vigiar uma fração de segundo eternizada.  

12 comentários:

Teté disse...

Bom, enquanto espia assumida é como o outro, todos podemos fazer parte de álbuns alheios de desconhecidos. Pior é quando estás a tirar uma foto e um emplastro (ou mais) se atravessa(m) no caminho... :)

Beijocas!

Graça Sampaio disse...

Que linda texto, ó espia...

Turista disse...

Querida Luisa, tal como a nossa Gracinha, adorei este teu texto.
Está nele tudo o que penso, quando vejo nas fotografias caras que me são desconhecidas, que estão lá, porque a objectiva as focou...
Beijinhos grandes.

Pedro Coimbra disse...

Voyeur? :))
Bonito post.
Bfds!!!

Rui Pascoal disse...

E pelo que nos tem dado a observar... não tem emenda.
:)

Naná disse...

E não te questionas quem são, se são felizes, se estavam felizes naquele momento?!...

Rosa dos Ventos disse...

Andamos todos/as nesta "profissão"! :-))
Também gosto de fotografar gente anónima...
Bela forma de confessar o "crime"!

Abraço

quem és, que fazes aqui? disse...


De facto, é assim! Ainda não tinha pensado nisso!!!

Uma ótima reflexão sobre o momento captado!

Beijo e um bom fim de semana.

Laura

Rui da Bica disse...

Lindo, Luisa ! :)))
.

Kim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kim disse...

Pois é Luisa, mas todos somos espiões um dia.
Eu também sou homem de zooms e grandes angulares pois aí capto as alegrias e desgostos de que nem sabe.
Muito bem descrita a espionagem que os teus olhos fazem.
Beijinho

AC disse...

Uma espia da vida, isso sim. E bem participante nela.

Beijo :)