terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Na charcutaria


Na fila da charcutaria aguardo a minha vez enquanto a única empregada circula entre a campainha para chamar o número da senha seguinte e o expositor dos queijos fatiados. Entre a campainha e a máquina de cortar fiambre. Entre a campainha e o grelhador de frangos. Corta, embala, entrega, segue.

A empregada da charcutaria usa farda de calça e camisa brancas. A cada volta que dá fica visível o seu traseiro e toda a gente pode notar que, por baixo das calças brancas, usa umas cuecas azuis com rebordo vermelho. Ou podem ser verdes com rebordo laranja. Eventualmente são turquesa com rebordo rosa.

Mas veem-se.

Deviam dar instruções às empregadas das charcutarias que usam fardas de calças brancas para só vestirem cuecas no tom da pele.

13 comentários:

Magda E. disse...

Há uns dias dei por mim a reparar no mesmo. hehehe deviam era fazer as fardas mais grossas, coistadas das raparigas!

Magda E. disse...

*coitadas aliás!

SofiAlgarvia disse...

Ou então noutra cor, a dita farda!

Teté disse...

Isso instruções sobre a roupa interior que cada uma delas deve comprar deve ser bem complicado... Como já foi referido, era preferível que trocassem antes a farda, para uma mais grossa ou noutra cor! ;)

Beijocas

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu voto na mudança da farda...

kuka disse...

Ou não vestirem cuecas! :)))

Pedro Coimbra disse...

Posso votar no mesmo que o Carlos?? Não, não vou votar no mesmo que o kuka:))))

Naná disse...

Há tempos encontrei uma de cueca branca, mas um autêntico fio dental...

Arco Iris disse...

A farda branca é a indicada para esse posto de trabalho.
Portanto profissionalmente tem que pensar que está sujeita a esses olhares do público que atende.

Rosa dos Ventos disse...

Ou então não usarem...mas já alguém se lembrou desta! :-))

Abraço

Anónimo disse...

Assim é que está bem! Não fossem esses pormenores e ninguem falaria na dita cuja...

Mz disse...

Deveriam de ter esse cuidado. Também concordo!

B. Cérise disse...

Nem sempre as fardas são pensadas de acordo com a roupa que as pessoas possam vestir por baixo e depois dá azo a comentários.
Se houver muita fila, sempre as pessoas se distraem e pelo menos não reclamam... Estou a brincar, mas realmente acho que devia haver alguma política da empresa quanto a isso, porque é a privacidade das raparigas que está em causa!