quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Besta


É jovem, de nariz empinado e usa grandes unhas de gel. Acha que sabe tudo da vida. Sempre muito produzida, não dispensa a sua espessa camada diária de base sobre o rosto. Tem mau feitio e gosta de o mostrar. Um destes dias, resolveu mostrar-mo a mim. Não dei parte de fraca e agi como se as suas palavras não me tocassem. A besta não merece sequer um pequeno confronto. Ignoro-a. Mas, silenciosamente, desforro-me chamando-lhe os piores nomes que me vêm à cabeça.

12 comentários:

Graça Sampaio disse...

Besta QUADRADA!!! Vinga-te, amiga! SE precisares de ajuda, diz...

Beijinho

Catarina disse...

Ri-me com o teu post e com o comentário da Graça! : )))

Teté disse...

Ahahah, e fazes muito bem em vingar-te! Besta até parece ser um bocadinho soft, para a criatura em questão... :)))

Beijocas!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Senti-me melhor depois de ler o seu post. É que também ando a aturar uma besta dessas há uns tempos. Lembra-se da Catia Janine? É essa!

Pedro Coimbra disse...

E quem não atura as ditas cujas??
Chamar-lhes nomes em silêncio é, efectivamente, uma boa terapia :))
Bjs

Naná disse...

E não há melhor desforra que essa!

Arco Iris disse...

Também não posso com esse perfil...
Ignorar é o melhor remédio.

Vane M. disse...

Tem razão. Há pessoas que não merecem nem confronto, nem atenção. Um abraço!

Rosa Carioca disse...

Deve ser mal amada...

Ana disse...

pessoas assim merecem desprezo porque o que querem é que baixemos ao seu nivel! a vida tratará de lhe abrir os olhos...

Mz disse...

Jovens parvas que também existem em todas as idades ;)

asustentavellevezadosdias disse...

nariz empinado, unhas de gel, espessa camada de base na cara e mau feitio... só pode ser horrorosa!