domingo, 1 de maio de 2011

Passeio de Domingo (47)




O dia de maio, hoje, decidiu ser do contra. A chuva não deu descanso e não permitiu nem o tradicional piquenique nem ao menos o habitual passeio pelo campo.

Vinguei-me nos doces típicos com que no Algarve se assinala o dia do trabalhador. Ontem à noite fiz pela primeira vez um bolo de tacho. Ofereceram-me um queijo de figo. E assim que publique este post, vou comer caracóis.








E mai nada!

5 comentários:

mdsol disse...

Ora, um passeio gastronómico. Bem bom!

:)))

Catarina disse...

Isso é mesmo para fazer inveja, menina!
Quando aí estou compro sempre um queijo de figo daqueles pequenos que se compra nas pastelarias. Chego sempre à conclusão que não sabem tão bem como os que a minha mãe mandava fazer. Mas eu insisto porque as saudades são muitas. Caracóis também embora ultimamente não os haja com abundância pelo menos na altura da minha visita! Bom proveito. : )

Teté disse...

Este São Pedro anda a arrasar os planos a toda a gente. Não sabia que era tradição algarvia fazer um piquenique neste dia, estamos sempre a aprender.

Depois diz se o bolo de tacho estava bom. Fiquei na duvida, com a quantidade de ingredientes (café, chocolate, cacau, canela, mel, etc. e tal). Agora os caracolitos, esses sim, também marchavam, nham, nham! :)

Beijocas!

luisa disse...

mdsol,
Bem bom sim, mesmo sendo dentro de portas :)

Catarina,
Claro que os doces caseiros são sempre outra coisa e este queijo de figo que me trouxeram estava, de facto, uma delícia. :)

Teté,
Na verdade, eu utilizei menos quantidade de farinha e consequentemente menos quantidade dos outros ingredientes. Mas leva mesmo isso tudo. E ficou bom, sim. Eu adoro este bolo mas nunca tinha experimentado fazê-lo. Demora é muito tempo a cozer.

Isa GT disse...

E pronto, lá está ela a fazer-me crescer água na boca ;)

Bjos