quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Celebração


Hoje não se passa nada, é

como se nada fosse, porque

quando um dia começa, é

só outro que acaba.


E os dias e os meses e

os anos nada são numa

curta vida humana, ínfima fracção

no tempo do universo.


Ainda assim, nada que seja, é

mais um ano, mais um mês,

mais um dia, uma hora, um segundo.


É só um sopro, mas

é vida que se celebra.

Feliz 2010!

Sem comentários: