terça-feira, 13 de março de 2018

Proposta de estudo


Nestes tempos digitais, que favorecem sobremaneira a divulgação dos mais profundos e inusitados estudos científicos, anuncio aqui uma hipótese que me interessaria ver analisada, testada e eventualmente validada.

O contexto é o seguinte: sempre que termina o jantar e me levanto, e levanto a mesa, preparando-me para lavar a loiça ou, quando assim se proporciona, colocá-la na máquina de lavar, sou acometida de incontroláveis espirros.  Enquanto raspo os pratos para deitar fora cascas, ossos ou espinhas, lá vem um espirro. Enquanto empilho travessas, lá vem um espirro.  Enquanto transfiro copos, tachos e talheres para junto do lava-loiça, lá vem um espirro.  Esta incómoda situação obriga-me a interromper bastas vezes a tarefa em curso para avaliar a força de aproximação do fenómeno, para o acomodar no braço e para puxar de um lenço e limpar o nariz.

Sobre a frequência do evento esclareço que, quando digo sempre, é mesmo sempre. Sempre que me volto para o lava-loiça após o jantar, desencadeia-se a reação. A minha hipótese é que só pode tratar-se de uma reação alérgica.

Para aprofundar a tese, conto com quem queira contribuir com a sua própria experiência pós-jantar diário ajudando a estabelecer tipologias de ocorrências e a respetiva frequência estatística.

Afinal, isto é um blog, uma entidade aparentada das redes sociais, e não pode ficar para trás no que diz respeito ao domínio da ciência e da divulgação de estudos imprescindíveis ao bem-estar e felicidade diária dos cidadãos.




20 comentários:

Janita disse...

LOL...Gostei do último parágrafo!!
Não podemos ficar atrás... prá frente bloguers, blogueiros, bloguistas ou como quiserem definir, com mais ou menos espirro, vai tudo dar ao mesmo!...Avancem com a tese, inventem uma fórmula para evitar que a Luísa se aproxime do lava-loiças...isso é que era bem pensado. eheheh

Beijos, Luísa. As melhoras! :)

(Diz ao marido para ser ele a ir para a cozinha, porque já és tu que fazes o jantar. )

Cidália Ferreira disse...

Por mim, não volta mais ao lava loiça... Marido para a cozinha!!
Adorei o texto!!

Beijos. Boa noite

Pedro Coimbra disse...

Um óbvio caso de alergia!! :))))

Larissa Santos disse...

A alergia pode ser do detergente, né?

Bjos
Votos de uma boa quarta-feira

Meu Velho Baú disse...

Que posso dizer....que será mesmo alergia e possivelmente ao detergente
Que se resolva rapidamente

bea disse...

Eu nunca mais lavava loiça:).
Mas estudo científico não tenho.

AFRODITE disse...

ahahaha
Agora fizeste-me rir!
Então mas isso é claramente um caso de "alerginite" aguda!

Bem, mas agora a sério: e durante o resto do dia não te costuma dar mais nenhum ataque de espirros, só a essa hora da noite é que isso acontece?

É um caso de estudo mesmo sério!
Se precisares de ajuda para fazer o tratamento estatístico adequado, conta comigo! :))

Beijinhos e sorrisos
(^^)

lenalima disse...

Bem , não sei o seu caso...mas eu amo lavar louça acredita?
Se for empatia pela louça coloca marido para lavar, se o caso for sério procuras um médico, as vezes é o detergente.
bj

O Puma disse...

Cuidado
não vá a casa ir abaixo

Mar Arável disse...

Por vezes
o melhor está nos breves instantes

Os olhares da Gracinha! disse...

Claro que é um tema excelente pois espirrar tem que se lhe diga!!! bj

Portugalredecouvertes disse...


Luisa os conselhos que eu tenho ouvido e lido é que nunca se deve
segurar um espirro !!!
também me parece rinite alérgica, mas a quê,
pergunta de um milhão ?!

Manuel Veiga disse...

manifestamente não posso ajudar
sou alérgico a estudos de felicidade...

luisa disse...

Janita,
O marido também vai, às vezes… E olha, hoje até não espirrei, mas é verdadeira exceção. :)

Cidália,
Lavar a loiça até é uma tarefa de que não desgosto. Vá lá compreender esta reação. :)

Pedro,
Não encontro outra explicação. :)

Larissa,
Penso que não. Este espirro acontece especificamente após a refeição. E eu uso o detergente em muitos outros momentos.

Meu Velho Baú,
Nã… Como se costuma dizer, isto já não é defeito, é feitio. Acho que já nem tinha graça se eu deixasse de espirrar quando levanto a mesa do jantar. :)

Bea,
Às vezes aborrece-me, mas em geral até lavo de bom grado. :)

Afrodite,
“Alerginite”… Se calhar é mesmo isso. :)) Mas a sério, claro que espirro em muitas outras circunstâncias, só que esta do preciso momento em que me preparo para lavar a loiça dá-me que pensar. :)

Lenalima,
Acredito, sim. Eu também não desgosto de fazer. :)

O Puma,
Ora, também não vá pensar que são espirros com esse poder. :)

Mar Arável,
Dito assim, quase fico a gostar destes meus espirros. :)

Gracinha,
E não é? Se comparado com alguns que tenho visto partilhados por aí. :)

Ângela,
E não seguro, não. Só os faço esbarrar contra a manga da blusa. :)

Manuel Veiga,
Acha então que estes são espirros felizes? Para efeitos do estudo, passarei a anotar as correlações entre os espirros e o meu estado de espírito. :)

Rui disse...

:))... Nada a fazer sem um anti-histamínico, Luisa.
Eu, quando espirrava e sempre que abria uma janela, ou mudava de ambiente, já sabia que eram 10 seguidos ! ... passou, ao fim de muito tempo, mas só depois dessa solução.
:)

luisa disse...

Rui,
Durante muitos anos tomei anti-histamínicos meses a fio, pois tanto na primavera como no final do verão, sofria imenso de alergias. Depois a coisa melhorou e hoje em dia só tomo muito pontualmente, em s.o.s. Este espirro do pós-jantar é que não estou a perceber. :)

Gaja Maria disse...

Alergia, está visto. É parar imediatamente :)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Uma mensagem ao marido? Assim ao estilo...vês o que me acontece quando lavo a loiça? A partir de amanhã lavas tu, para ver se o problema é meu...

redonda disse...

estava a pensar que para prevenir o melhor seria arranjar sempre outra pessoa para lavar a louça...
agora cientificamente o que poderá ser...estará mais frio na cozinha?

luisa disse...

Gábi,
Isso era o ideal... :) Já pensei que talvez coincida com o momento em que arregaço as mangas. Devo ter os braços muito sensíveis à mudança de temperatura. :))