terça-feira, 24 de maio de 2016

Tapar o sol com a peneira


22 comentários:

✿ chica disse...

GENIAL! Adorei! bjs, chica

Teté disse...

Eheheh, literal... :)))

Miss Smile disse...

Mais uma foto para levar à letra! Adorei :)

Just Things disse...

Que bela ideia :)

Pedro Coimbra disse...

Foto CINCO ESTRELAS!!!

Janita disse...

:)) É caso para dizer: "Que grandes peneiras tens, Luísa". lol

Se juntares mais duas ou três, podes fazer outro post com o título: "As minhas peneiras". :)

Excelente! E tal como diz o ditado: a peneira não serviu para encobrir o sol, mas inundou-nos a alma de alegria. Adorei!

Beijinhos.:)

Rui Espírito Santo disse...

rsrs... Será que há diferença entre ter peneira e ser peneirenta ?... rsrsrs
De onde virá isso ?... Fui ver ao Priberam e diz :
"Que ou quem tem muitas peneiras, ilusões, prosápia; que ou quem é muito vaidoso (ex.: colegas peneirentas; cambada de peneirentos).
... mas não entendo porquê ! ???) rsrs

... e essa fez-me lembrar as vezes que a usei em casa dos meus pais para passar a farinha para bolos e, curiosamente, até a marmelada ! :))) .. Creio que hoje já não se usa. (?)

Beijinhos sem peneiras ! :)

Benó disse...

Está uma foto espetacular mas creio que não se trata duma peneira de cozinha mas da construção civil pois tem a rede muito larga o que não impediu de fazeres uma ótima foto.

Teresa Borges do Canto disse...

Uma autêntica teia a apanhar o sol!
Para mim a melhor da série, está linda.
Parabéns, luisa.

Mona Lisa disse...

Magnífica e originL foto.

Beijinhos.

Flor de Jasmim disse...

Magnifica imagem e o titulo do post!

Mas eu conheço esse objecto como sendo um CRIVO que se usa para crivar (limpar) sementes, tipo milho, feijão e outros, a peneira é utilizada para peneirar farinha.

Peço desculpa e espero que não pareça mal à Luísa este meu comentário.

Um beijinho

AFRODITE disse...


És genial mulher... :D

Beijos peneirados
(^^)

heretico disse...

não há luz que se prenda,
nem machado que corte a raiz do pensamento.

luisa disse...

Fico contente com as vossas apreciações e agradeço a TODOS por me acompanharem nesta brincadeira de retratar, conforme me vem à cabeça, algumas expressões que usamos popularmente, sem pensar muito nelas…

Esta é uma peneira, não da construção civil e nem de peneirar farinha mas sim, como refere a Flor de Jasmim, usada para limpar sementes, grãos de ervilha ou outras leguminosas… Ou seja, uma joeira (que separa o trigo do joio).
:)

Briseis disse...

tal como o ditado quer dizer e a fotografia atesta: não vale de muito tapar o sol com a peneira... é um triste engano.

Quanto à discussão sobre a expressão peneirenta, ou ter peneiras, acho que é fácil perceber a origem. Uma peneira é selectiva e minuciosa, separa o que interessa do que não interessa. Pessoas peneirentas são também picuinhas e tendem a achar-se melhores do que outras. penso que será por aí...

Benó disse...

É isso, Luisa. Uma joeira.

Graça Sampaio disse...

Só mesmo tu, Luísa! :)))

Portugalredecouvertes disse...

pois Luísa,em breve o sol será tao intenso que será o guarda-sol que nos vai proteger
bom fim de semana para ti
Angela

Carmem Grinheiro disse...

Está boa essa foto =)
Ainda lembro de minha avó usar para limpar o feijão. Chamava-lhe crivo. A avó foi... e o crivo ficou lá pendurado, no velho telheiro.
bj amg

Manu disse...

Que ideia genial,só que a peneira deixa passar o sol e ainda bem!

Beijos Luísa

Anfitrite disse...

Lamento ser sempre do contra.
É certo que a foto é linda mas, no meu Algarve, isto não é uma peneira mas sim um arneiro, que serve, entre outras coisas, para separar o grãos de trigo dos restos da palha.

luisa disse...

Briseis,
É isso mesmo, não vale a pena tentar tapar o sol com a peneira, mas há sempre quem se iluda… :)

Benó,
De facto.:)

Graça Sampaio,
É como digo muitas vezes, podia dar-me para pior… :)

Ângela (Portugalredecouvertes)
E venha ele… :)

Carmen Grinheiro,
Crivo, peneira, joeira, arneiro… A língua portuguesa é muito rica. :)

Manu,
Ainda bem, sim. Faz-nos falta. :)

Anfitrite,
Não vejo como o seu comentário possa “ser do contra”. Ele só vem completar a informação que já aqui foi dada. De facto, o termo “arneiro” é um regionalismo que significa joeira e que se refere ao utensílio que serve para limpar o trigo das impurezas.