terça-feira, 2 de outubro de 2012

Gatos

Passo pelas ruas mais antigas da cidade numa hora de movimento mínimo. A manhã foi de bulício, mas a tarde nem turistas tem. A música ainda toca nos altifalantes espalhados estrategicamente pelo centro histórico mas já não há visitantes que a ouçam. O comércio está fechado e nem carros se veem no largo da matriz. Passo pelas ruas mais antigas da cidade batendo as solas na calçada irregular. Não me cruzo com ninguém. Só avisto umas velhas sentadas na soleira da porta. Conversam as suas vidas viradas para o largo. Não me ligam. Numa rua estreita estão três gatos a olhar para mim. São três gatos brancos descaradamente pintados na parede. Olham para mim como quem hipnotiza alguém. Encosto o olho ao visor, ajusto o zoom e enquanto disparo ouço uma cantilena com a letra trocada. Gato pintado, quem te pintou, foi um grafiteiro que por aqui passou…




14 comentários:

AC disse...

Gato pintado, quem te afamou, foi uma blogueira que por aqui passou…

Beijo :)

Rosa dos Ventos disse...

Que belo achado e excelente evocação de infância!

Abraço

Graça Sampaio disse...

Tão giro o graffiti! Gatos! Eu adoro gatos!

Beijinhos grafiteiros

Gi disse...

Bem giros, os gatos!

El Matador disse...

muito fixe

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Adoro gatos! E gostei do grafitti e da cantilena...

Rui Pascoal disse...

Não fico indiferente quando vejo um gato ou um grafitti.
:)

(Em Lisboa, nas Escadinhas de São Cristóvão, há um mural digno de ser visto e fotografado. Conhece?)

Teté disse...

Posso dizer baixinho uma coisa, para que ninguém nos oiça? Gosto de graffitis! E este dos gatos está fantástico... :)))

O gostar de graffitis não inclui gostar de gatafunhos ou espichadelas, evidentemente! ;)

Beijocas!

Catarina disse...

De gatos... só a acerta distância. Não me transmitem confiança. Falta de experiência, aposto!
Estes estão muito bem pintados.

Naná disse...

Há arte urbana de que eu gosto muito... este é um bom exemplo!
Já as letras parvas que só desfeiam muros e paredes não me agradam tanto...

Ana disse...

que gatos tão giros!

Briseis disse...

Os graffitis podem ser verdadeiras obras de arte... mesmo que sejam discretos e humildes, tocam muitas vezes quem passa... e a arte é isso mesmo... =)

redonda disse...

O maior parece um bocadinho ameaçador...

Ana disse...

luisa:
eu chá só se for de frutos vermelhos, sou mais de café, daquele de pacote de cevada feito na cafeteira, adoro:)
beijos