quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Ladeira




A vida é uma ladeira, mulher…
Tens de subi-la.
Por vezes caindo
Mas sempre retomando o caminho
Segue.
Vai rumo ao cimo.
Empurra o tempo que encolhe à tua frente.
Não olhes para trás. Não há volta a dar.
Há um só sentido.
Não há que enganar.

9 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Se os versos são muito bonitos, a imagem é excelente!

Ana disse...

uma grande verdade, aliás, a verdade:)
beijos

Teté disse...

Fizeste-me lembrar António Gedeão, com "Luisa sobe, sobe a calçada..." :)

Beijocas!

Briseis disse...

Que lindo texto! E que foto comovente... =)

Isa GT disse...

Já aqui tinha vindo mas, com uns comentários tão certinhos... não deixei o meu para não destoar... ;)
porque o que me veio imediatamente à ideia foi aquela boca de que andámos a viver acima das nossas possibilidades... aqui a velhota deve ter endividado o país e aumentado o défice, com a compra da bicicleta.

Bjos

Rosa dos Ventos disse...

Pois vou repetir o que Teté já disse:
"Luísa sobe, sobe a calçada..."
Tanta Luísa, tanta calçada e tanta canseira! :-((
Belo poema!

Abraço

Vítor Fernandes disse...

Mas cansa. Bela foto e belo poema.

Catarina disse...

Nem sempre é fácil subir estas ladeiras.

Wendy disse...

E quanto mais empurrares mais força ganharás e menos te custará ;)