sábado, 30 de janeiro de 2010

A matiné

Lembro-me dos Domingos à tarde quando eu era gaiata e que havia matiné na rua da frente da casa das minhas primas. A rua da frente, que é como quem diz o pátio à entrada de casa, era o palco do encontro das raparigas e rapazes das redondezas para ouvir música e dançar. O gira-discos saía da sala para o poial, a música entoava pela estrada fora e eu deliciava-me observando os gestos e as conversas daquela gente crescida...como eu também já queria ser.





Sem comentários: