quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Concerto breve

São talvez dez segundos, nem tanto, que, se não abrando o andamento, demoro a passar junto daquelas três palmeiras. É fim de tarde e as aves, muitas, que se acomodam nos altos ramos, encetam o seu concerto do lusco-fusco. Não as vejo mas soam-me diversas. Por desconhecimento não as consigo identificar pelo canto. São como uma orquestra, virtuosa e afinada que ouço, mas da qual, por ignorância, não identifico os instrumentos que a compõem. Não importa. O que importa são aqueles dez segundos de harmonia, dez segundos de emoção, dez segundos que me embalam enquanto caminho de regresso a casa depois de um dia de trabalho.

15 comentários:

ana disse...

e às vezes uns segundos bastam para que tudo valha a pena :)

3o'clock disse...

Gostei muito, vou seguir para estar a par das novidades :)
Beijinhos, Ana Sousa

http://the3oclock.blogspot.pt/

Janita disse...

Tens de passar a trazer contigo um gravador. Também gostaria de desfrutar desses dez segundos de bel-canto canoro...:)

Gracita disse...

Oi Luisa
São estes dez segundos tão encantadores que faz com que tudo valha a pena. E que presente heim? Uma bela sonata no final da tarde
Beijinhos

bea disse...

A vida vale pela qualidade do tempo. Dez segundos fazem-se muito tempo se a memória os guarda, enquanto horas baças caem fora de órbita e evaporam.

Teresa Borges do Canto disse...

Por vezes é preciso saber abrandar o passo...
Gostei de os ouvir, também. Obrigada, luisa!

Miss Smile disse...

Dez segundos pode encher um dia inteiro de alegria. Há que se deixar embalar :)

Teté disse...

Mesmo que breves, esses concertos são muito agradáveis... Há quem os tente reproduzir, bem como ao marulhar das ondas para os pôr em "música" de fundo em SPAs e locais para relaxar!:)

Beijocas

papoila disse...

Deve ser muito bonito.
Eu costumo ter uma tal barulheira de cantos que me chega a acordar!
Ainda não se fizeram sentir mas devem estar a aparecer :)
bjs

Rui Espírito Santo disse...

Adoro "ouvir o silêncio" ! Não será bem esse o caso, mas estar parado, sentado a ouvir os pássaros é maravilhoso !
... e então no fim de um dia de trabalho, deve-te saber muito bem ! :))

Beijos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Muito sortuda, luísa!

heretico disse...

dez segundo como bálsamo...
e o dia fica mais azul

beijo

Pedro Coimbra disse...

Gosto tanto de me sentar na minha varanda a ouvir a passarada!
Não se ouve mais nada, o ruído da cidade fica longe, sinto-me em paz.
Bfds

Graça Sampaio disse...

Assisti a um concerto desses pela primeira vez no Algarve, em Faro, pela minha viagem de núpcias nos primórdios de 70 e fiquei rendida... Em Sintra nunca tinha tido esse privilégio

Zi Santos disse...

Oi Luiza
que lindo presente tens nesses dez segundos!
nem é necessário saber quem são os integrantes dessa orquestra mágica
a mágica a tens nesses exatos segundos de alegrias!

abraço afetuoso