sábado, 13 de dezembro de 2014

O computador


Ao fim vários dias hospitalizado, o computador teve alta. Regressou a casa. Parecia feliz e aparentava ter recuperado a energia. Foi sol de pouca dura. Aliás, nem sol chegou a ser já que só foi posto à prova durante uma escassa hora e em período noturno. Hoje voltou a queixar-se. Terá que voltar à consulta.  Por mal dos meus pecados…

6 comentários:

papoila disse...

Pena! O meu acabou por ter que ser substituído por um novo espero que o teu tenha arranjo!
xx

Jorge disse...

Foi um breve Sol. Uma recaída é sempre preocupante e gera um sentimento de expectativa e incerteza. Que o Sol desponte novamente para o computador, são os meus votos.
Um abraço,
Jorge

Maria Eu disse...

Pode ser que tenhas um novo no sapatinho! :)

Beijinhos Marianos, Luísa! :)

redonda disse...

Boa sorte para próxima consulta! (o meu esteve mal, mas desde a reparação - paragem para bater na madeira - tem estado bem)
um beijinho e bom fim-de-semana

Graça Sampaio disse...

O raço das máquinas quando começam a asnear não há quem as pare!! O meu começou assim no início do verão e pifou mesmo!

Boa sorte...

LuisY disse...

Cara Luisa

A nossa vida parece estar cada vez mais dependente destes electrodomésticos, que adoecem, tem vontade própria, enganam-nos a toda hora e ficam-nos mais caros que uma amante caprichosa.

um abraço e parabéns pelos seus textos tão bonitos como curtos